Lenha na Fogueira

Às vezes dá vontade de parar de trabalhar com cultura.

*********

Tudo porque o que nossos governantes fazem, é atrapalhar o desenvolvimento cultural do nosso estado e em especial, do município de Porto Velho.

*********

A atitude colocada em prática na manhã de ontem, pela prefeitura municipal de Porto Velho comprova que o prefeito e seus auxiliares, não estão nem aí para os movimentos culturais que acontecem  na capital do estado.

*********

Os coitados dos fiscais, não sabiam explicar o motivo pelo qual foram levados a recolher todo o material utilizado durante as apresentações dos Projetos Culturais: Seresta Cultural e A Fina Flor do Samba.

*********

O certo foi que chegaram ao Mercado Cultural solicitaram do outro coitado, que é o administrador do Mercado que não tem moral nem para mandar varrer o ambiente, a chave do depósito que eles passaram a chamar de “camarim” e que na realidade servia para guardar mesas, cadeiras, geleiras e instrumentos utilizados durante a Seresta e foram empilhando num caminhão da prefeitura.

*********

Uns diziam que a retirada do material, era porque a prefeitura vai iniciar a reforma do logradouro que mal fez um ano de inaugurado.

*********

Outros diziam que era porque existe uma disputa entre alguns setores da prefeitura para ver quem vai mandar nas apresentações culturais do Mercado.

*********

Alguém disse, que a disputa mesmo acontece dentro da Fundação Iaripuna e o negócio é contra o Heitor Almeida que é funcionário municipal concursado e atua na Iaripuna, mas, com a coordenação da Seresta Cultural tá aparecendo muito.

*********

Outros afirmam que o negócio, é que a Secretária de uma das secretarias municipais quer ocupar o espaço contratando shows com os amigos do seu filho e marido e que não tem nada a ver com os que acontecem na Seresta e na Fina Flor do Samba.

********

O certo é que o quiprocó está formado.

*********

O interessante é que a Chefe de Gabinete Mirian Saldanha e algumas funcionárias da Simdestur não perdem uma Seresta no Mercado Cultural as quintas feiras.

*********

Hoje as atividades culturais que acontecem no Mercado Cultural como a Seresta Cultural das quintas feiras.

********

A Fina Flor do Samba as sextas feiras.

*********

A Roda de Samba do Beto Cezar aos sábados.

********

Reúnem dezenas de turistas que visitam a capital de Rondônia nos finais de semana.

*********

Sempre os mestres cerimônias desses eventos estão registrando a presença de pessoas de estados nordestinos, do sudeste principalmente do Rio de Janeiro e pessoas que vêm do interior do estado de Rondônia.

*********

Aliás, hoje temos três pontos turísticos que recebem grande número de visitantes: A Estrada de Ferro Madeira Mamoré, As Caixas D’água e os shows musicais que acontecem no Mercado Cultural

***********

Só a título de curiosidade:

*********

A fiscalização do Código de Postura tem a ver com a ocupação por parte dos lojistas, das calçadas da Sete de Setembro, Jatuarana, amador dos Reis e outros centros comerciais.

*********

Será que faz parte das ações da Fiscalização do Código de Postura as “baladas” que a turma promove nos postos de gasolina.

********

E Calçada da Fama tem licença para fechar rua e invadir calçada?

*********

Será que a Fiscalização do Código de Postura já passou pela Praça dos Engraxates local que o prefeito mandou a Simdestur alojar os donos de lanche da Beira do Rio Madeira em frente ao museu da EFMM?

*********

Será que é porque esses ambientes são meramente comercial não tem nada a ver com cultura como acontece com os eventos que acontecem no Mercado Cultural.

*********

O certo é que acabaram de acabar de queimar o prefeito Roberto Sobrinho.

**********

Dessa vez cremaram de vez o prefeito!

Anúncios