Estamos, já, na véspera do II Arraiá Beneficente da Aline.

Aline, minha filha, é uma pessoa forte e de uma grandeza de espírito que espanta até os mais chegados.

Não é à toa que repito: “ELA É MINHA VIDA!”

Não apenas por ser um pai apaixonado, verdadeiramente, por meus filhos. Mas porque Aline é motivo para prosseguir na minha jornada de vida. É motivo mais do que suficiente.

A menina descabelada, que corria atrás de uma bola (bete, handebol, vôlei) teve  sua vida modificada de uma hora para outra ao descobrir o câncer que tomava-lhe a tireóide.

Com a força da fé juntamos-nos em família para lutar em prol de sua vida. E aqui está ela. Hoje, 8 anos depois da descoberta da doença, Aline deixou para trás um passado de dores, sofrimentos, sacrifícios e até de desânimo em algumas oportunidades.

Assombrosa a força que ela tem para viver e, melhor, estimular as pessoas à vida e à alegria de viver.

Temos um chavão: Viver um dia de cada vez, um minuto por vez!

Assim, não nos permitimos deixar para amanhã aquilo que podemos viver hoje.

Sua história, publicada em sites diversos (com videos no youtube, inclusive) justificou que todas (todas, mesmo) as emissoras locais de Televisão aberta (VHF) a procurassem para entrevistas, colocando-a em meio às mais conhecidas personalidades de Porto Velho.

Aline quer sempre ir além. O “viver o presente” não afasta seus sonhos.

Mesmo “presa” a uma mangueirinha (20 metros) que lhe mantém o fornecimento de Oxigênio ela lançou um desafio para si mesma: Conseguir um concentrador portátil de oxigênio, o que lhe dará autonomia para “voar” outros ares. Com capacidade para 8 horas, o equipamento permitirá que saia, inclusive, sozinha, pois é de pouco peso, perfeitamente suportável por seu físico.

Poderá cursar a tão sonhada faculdade de psicologia – aliás, ela já é nossa “psicóloga. Quando temos nossos problemas, é sua força vital que nos ampara e repara.

Pois, então…

Amanhã será o grande dia. Estamos certos que com o Arraial Aline conseguirá atingir o valor para a compra do equipamento tão almejado: R$ 12.000,00.

A cidade inteira torce por ela, e a expectativa não é apenas da família mas de todo o grupo (e que grupo) de amigos que a ajudam na epopéia.

Ontem o grupo esteve no Mercado Cultural, onde Heitor abriu o microfone para a campanha, arrancando do público um apoio talvez nunca dantes visto.

Dizer obrigado pessoalmente a cada um dos que nos tem apoiado e ajudado nessa campanha não será possível. Recebemos doações anônimas, de pessoas que não querem ter seus nomes divulgados… tivemos apoio maciça da classe jornalística portovelhense, de amigos, conhecidos e outros que ainda não conhecíamos e vieram somar-se à grande família Aline.

Temos, hoje, um grupo denominado CAPS (Clube Amigos Para Sempre). É uma entidade de fato, mas sem personalidade jurídica. Próximo sonho de Aline: Transformar o CAPS numa entidade com personalidade jurídica, sem fins econômicos, cujo objetivo é ajudar a quem precisa. Preciso dizer mais?

Meu carinho e meu reconhecimento a todos – TODOS, MESMO – que contribuiram e contribuem para que o sorriso de Aline continue.

MUITO OBRIGADO, D CORAÇÃO!

Anúncios