FORÇA RICARDO GOMES

 

As torcidas –  verdadeiramente torcidas – unem-se na fé pela recuperação de Ricardo Gomes.

Exemplo de profissional, atleta e – principalmente – homem. Ricardo é exemplo para qualquer um.

Sua dedicação foi tanta que pela segunda vez passou mal no campo de futebol.

Alguns “pseudo-torcedores” podem não ligar muito para o que está acontecendo.

Mas o verdadeiro desportista preocupa-se e muito. E os que são de família, também.

 

Alguns blogs voltados para o esporte trouxeram a preocupação de seus redatores.

Passo a seguir alguns comentários de blogueiros importantes para o esporte preferido de todos os brasileiros.

Freqüento vários deles, mas deixo de fora um deles por seu escritor ter demonstrado, estranhamente, que estava mais preocupado com “brigas de torcidas” do que com o esporte e – principalmente – com a saúde de Ricardo Gomes.

 

Leiam o que escreveram três dos mais brilhantes blogueiros:

   

Pra terminar de vez com a alegria do futebol o domingo ainda nos reservou o caso do Ricardo Gomes. A quem desejamos pronta recuperação e toda a força pra família e pros amigos que estão segurando essa barra. (Arthur Muhlemberg: 29/08/2011)

 

O Vasco ficou devendo na volta do intervalo. Mas do momento em que o Ricardo sentou no banco em diante, não acho muito razoável condenar o time por ter jogado menos do que precisava.

Deve ser um tanto quanto confuso olhar uma ambulância tirar seu técnico do banco e não saber o que houve, a gravidade, etc.  São jogadores, mas antes disso são pessoas como eu e você.

O clássico ficou pra segundo plano. E a qualidade dele idem. (Rica Perrone: 28/08/2011)

 

O drama de Ricardo Gomes conseguiu promover um raro momento de solidariedade da torcida do Flamengo com o comandante do seu maior rival.

No Orkut, uma das maiores comunidades de torcedores rubro-negros, com quase 1,8 milhão de adeptos, botou como foto principal do perfil uma manifestação de apoio ao técnico adversário. Com os dizeres “Raça, Ricardo Gomes. Estamos com você!” a comunidade Flamengo (que se auto-intitula “Oficial”, mas não é de responsabilidade do clube) mostrou que até as diferenças mais agudas podem ser superadas.

Ricardo Gomes já dirigiu o Flamengo, em 2004. Além de ter sido recentemente campeão da Copa do Brasil pelo Vasco, foi um dos maiores ídolos da história de outro rival, o Fluminense (JOSÉ ILAN: 29/08/2011).

 

 

  

Finalizando…

Os médicos já deram o boletim de hoje.

15 minutos atrás foi colocado na Internet boletim médico informando que Ricardo Gomes continua sedado e em observação contínua. Seu estado ainda é grave, mas os médicos estão otimistas. Segundo os médicos que realizaram a cirurgia, uma nova intervenção está descartada.

 

 

 

Anúncios