O  TESTE DA CUNHADA

A  minha noiva e eu estávamos juntos  há mais de três anos, então decidimos nos casar.
Só  havia uma coisa que me pertubava, a irmã mais nova  dela, tinha 20 anos, usava mini-saias com um corpo e perfeito e linda demais, e com a mania de se insinuar para mim e bem atrevida.

Um dia quando chego na casa de minha noiva para ver os convites do meu casamento, ela estava sozinha em casa, então disse-me que em breve eu estaria casado e  confessou que ela tinha sentimentos e  desejos por mim, que ela não conseguia  esquecer e nem queria esquecer !

Disse-me  que queria fazer amor comigo somente uma vez, antes de eu me casar.

Fiquei em choque total paralizados sem dizer uma palavra !

Então ela  disse :
–  Vou lá pra cima, para o meu quarto,  se quiseres…

Estava congelado, enquanto a observava subir as  escadas.

Eu  fiquei lá por um momento, então virei-me  e fui direto à porta da frente.


Abri  a porta e saí da casa, indo correndo  para o meu carro.

Antes de chegar no carro, o meu futuro sogro me aguardava no quintal.

Com  lágrimas nos olhos, abraçou-me e disse  :

– Estamos muito contentes que tenhas conseguido  passar no nosso pequeno teste…
– Não  podíamos pedir um melhor homem pra nossa filha.
– Bem-vindo à família !

Moral  da história :
É MELHOR GUARDAR AS CAMISINHAS NO CARRO DO QUE NA CARTEIRA.
LEMBRE-SE  DISSO !

Anúncios