Lenha na Fogueira

 

 

Hoje é dia de seresta no Mercado Cultural. Com certeza, depois que a noticia de que o Ernesto Melo será o homenageado do bloco Galo da Meia Noite no próximo carnaval, durante a seresta de hoje, vamos ouvir muitos elogios ao poeta da cidade.

*********
O Artur Quintela deve cantar a música que compôs em homenagem ao nosso poeta há alguns meses, quando nem se ventilava sobre a homenagem do “carijó”

*********
Então vamos prestigiar a Seresta Cultural coordenada pelo Heitor Almeida na noite de hoje no Mercado Cultural.

********
Por falar em Galo da Meia Noite, fomos informados que o Jair Monteiro assumiu a direção da Banda Carijó

*********
Tenho certeza que com o Jair a frente da Banda do Galo da Meia Noite, nós os foliões do bloco, vamos realmente brincar carnaval ao som de marchinhas tradicionais e das marchinhas dos compositores do bloco.

***********
Até que enfim o Caula conseguiu mudar o maestro da Banda Carijó! Já era tempo!

*********
Já que estamos falando em Banda. A Banda do Vai Quem Quer que agora está legalizada e tem como presidente a Siça filha do Manelão e como vice o Silvio Santos.

*********
Reuniu na noite de ontem para deliberar sobre a seguinte pauta:
********
Lançamento do concurso de marchinha para o carnaval de 2012.
********
O tema será: “No Carnaval Quem Comanda a Banda é o General”.

********
Fazem parte da comissão que vai coordenar o concurso além do Silvio Santos, Altair dos Santos Lopes e Léo Ladeia.

********
É o carnaval dos blocos de trios começando a se movimentar.

*********
Enquanto isso as escolas de samba também estão com vasta programação.

*********
A Acadêmicos do Armário Grande vai promover no próximo dia 1º de outubro, uma super Feijoada com apresentação de mulata e outras atrações.

*********
A festa da Fênix que Surgiu das Cinzas, vai acontecer no Clube Castanheira que fica na rua Harpa pertinho da rua Pau Ferro no bairro Castanheira.

*********
O Cabeleira convida toda a comunidade sambista a prestigiar a feijoada do Armário Grande.

********
Por falar em festividade:

*********
A Comissão que está cuidando da programação da festa da criação do município de Porto Velho, esteve reunida na tarde de ontem no gabinete do prefeito Roberto Sobrinho para rever ou reformular a programação.

**********
Na que estava quase pronta tinha até apresentação do sambista Jorginho do Império.

**********
Na realidade quem vem cantar samba no Mercado Cultural é o Serginho Meriti e não o Jorginho do Império.

**********
Não sei não, mas se é pra trazer um sambista do Rio que seja logo um sambista cantor de renome. Sugerimos o Diogo Nogueira ou o Arlindinho Cruz o sambista do momento.

*********
Aí professora Berenice, quando a programação oficial estiver pronta envia pra cá.

*********

Por falar em programação. Hoje acontece no CTG Ronda Crioula que fica na Estrada da Penal em Porto Velho um baile com o cantor João Luiz Correia e a banda Campeirismo.

*********
Se gostares de Fandango e Vanerão, desembolsa R$ 200 Pilas pela mesa e vai te esbaldar Gaucho! Na mesa tem uma Tábua de Frios por conta da casa.

*********
O baile está marcado para começar às 22h, o término só quando a gauchada se estrupiar

*********
Olha o e-mail que Jerferson de Vilhena postou:

*********
Solicitamos informações sobre o tramite da liberação da 2ª Parcela dos recursos dos Pontos de Cultura de Rondônia.

*********
Estamos atuando intensamente na continuidade das ações do Ponto de Cultura Cone Sul Plural, no entanto muitas ações dependem dos recursos programados.

**********
Creio que precisamos compartilhar das ações que já foram e que estão sendo realizadas pelos Pontos.

**********
Este trabalho não pode ser desprezado.

**********

Aguardo informações. Jeferson Vilhena. (69) 8119-7768

**********
Taí o telefone secretário da Secel Francisco Leilson Chicão. Põe o pessoal de Vilhena a par do que está acontecendo com o repasse da 2ª parcela aos Pontos de Cultura Rondônia.

 

N.R.: A respeito da escolha do amigo Ernesto Melo para a homenagem no Carnaval 2012 do Bloco Galo da meia Noite,  acredito que já era tempo de alguem reconhecer o mérito de nosso querido “Poesta da Cidade”.

Realmente, ano passado, por conta de seus 59 anos, rendi-lhe uma singela homenagem, compondo um samba estilo “teleco-teco” em que trato de suas andanças pela vida  e pela música.

A letra está neste blog e quem quiser pode achá-la buscando pelo nome “Escute Poeta”.

 

VELHO JUSTINO

Poesias matutas no presídio feminino

O Personagem brinca e se diverte com as situações engraçadas do cotidiano

Dentro da programação do Festival Palco Giratório do Sesc , que está acontecendo em Porto Velho desde o dia 1º de setembro e só vai terminar, no dia 2 de outubro, com o “Overdoze”, acontece nesta quinta feira 22, no presídio feminino a apresentação do espetáculo “Velho Justino & Suas Poesias Matutas”
Velho Justino personagem criado em 1993, por Tancredo Silva, ator, diretor e humorista, vem ao longo de 18 anos com a criação de um personagem marcado por mensagens de reflexão e humor contra o preconceito de todas as formas: abuso de autoridade, a negligência com a família, descaso com o idoso, preconceito racial, deficientes físicos, o homem do campo e tantas outras. Assim “Velho Justino & Suas Poesias Matutas” de forma hilária tece críticas ao sistema político brasileiro, com seus “causos”. O Personagem brinca e se diverte com as situações engraçadas do cotidiano do matuto nordestino. Com o show “reflexão e risos” vem viajando pelo Brasil participando de festivais de teatro e programas a nível nacional. Velho Justino, poeta matuto, contador de causos e histórias de Pé-de-Serra.

ACADEMIA DE LETRAS

Acler vai eleger nova diretoria

O acadêmico Abnael Mahado de Lima vai presidir a Comissão Eleitoral da Academia de Letras de Rondônia, ACLER, no pleito previsto para dia 5 de dezembro, quando será escolhida a nova diretoria da instituição para o biênio 2012/2013.
A Comissão Eleitoral é composta também pelos acadêmicos Yêeda Maria Pinheiro Borzacov, Antonio Serafim da Silva e Dante Ribeiro da Fonseca, este último na condição de suplente.
A posse da Comissão Eleitoral da ACLER acontecerá no próximo sábado, 24, às 10hs, na sede provisória da Academia, à rua Duque de Caxias 3065, bairro da Embratel, sendo que a inscrição de chapas vai acontecer durante todo o mês de outubro.
Terça da Literatura
Sob a coordenação do acadêmico Pedro Albino de Aguiar, a ACLER vai realizar na próxima terça-feira, dia 27, a segunda edição do projeto Terça da Literatura, no Mercado Cultural, das 19 às 22 horas, numa parceria com a Fundação Iaripuna e a Academia Rondoniense dos Poetas.
O “Terça da Literatura” é um projeto que busca apresentar à população da capital os autores e produtores literários, divulgando seus trabalhos,
Regimento Interno
Já está pronto o Regimento Interno da ACLER, elaborado pela comissão formada pelos acadêmicos Matias Mendes, Sandra Castiel e Abnael Machado. A Academia deverá ser convocada nos próximos dias para debater e votar a proposta da Comissão.
Guajará-Mirim
A Academia Guajaramirense de Letras realiza dia 1 de outubro seu primeiro Sarau, no recanto Porto das Pedras, das 19 às 23 horas. Segundo a secretária geral da AGL, acadêmica Maria Tereza Merino Chamma, durante o evento deverão participar também ativistas culturais de Guajará-Mirim e da cidade boliviana de Guayaramerin.
Instalada desde 2009, a Academia Guajaramirense de Letras vem realizando um trabalho de divulgação e de valorização da cultura da região da fronteira, contando com apoio para isso do Campus da Universidade Federal de Rondônia e da ACLER.

DANÇA

Ana Botafogo comemora 35 anos de carreira

lLá se vão 35 anos desde que Ana Botafogo dançou profissionalmente pela primeira vez, no tradicional Les Ballets de Marseille. Com uma estréia estimulante, o que se viu depois foi uma trajetória meteórica. Na volta ao Brasil, ingressou como bailarina principal do Balé Teatro Guaíra (de Curitiba) e, cinco anos depois, em 1981, debutou no lendário Theatro Municipal do Rio de Janeiro já como primeira bailarina. Nestas três décadas, interpretou os papéis principais das mais importantes obras do repertório da dança clássica, como ‘Coppélia’, ‘O Quebra Nozes`, ‘Giselle’, ‘Romeu e Julieta’, ‘Don Quixote’, ‘O Lago dos Cisnes’, ‘Floresta Amazônica’, entre várias outras. Há 35 anos, os grandes momentos do balé clássico brasileiro passam, inevitavelmente, pelos pés de Ana Botafogo. Para celebrar a dupla comemoração, os 35 anos de carreira e 30 como primeira bailarina do Theatro Municipal, Ana se propôs um novo desafio: escolheu ‘Marguerite e Armand’, uma versão de ‘A Dama das Camélias’, de Alexandre Dumas, com coreografia de Frederick Ashton, criada em 1963, especialmente para a bailarina inglesa Margot Fonteyn, uma das maiores de todos os tempos. Nesta primeira montagem – que chegou a ser apresentada no Brasil, em 1967 – Armand foi interpretado por Rudolf Nureyev, que formou com Margot a mais famosa parceria da história do balé. – Pensei muito até definir qual personagem eu interpretaria. Queria algo novo, que nunca tivesse dançado. Quando me ocorreu a Marguerite, não tive dúvida. Há alguns anos Dalal Achcar e Peter Wright sugeriu que este era um balé talhado para mim. Pouco depois foi a vez de Bibi Ferreira dizer que havia visto Margot dançar, que esta coreografia tinha elementos dramáticos e ela me imaginava neste papel. Decidi-me – contextualiza Ana. “É um papel sob medida para este momento da minha carreira, para uma bailarina experiente e com tantos anos de estrada. Marguerite e Armand é a culminância dos clássicos que eu já encenei nestes 35 anos”, complementa. Ana terá como partner, no papel de Armand, Federico Fernández, o principal bailarino do Teatro Colón. Os dois dançarão a música original de Liszt, no ano do bicentenário de nascimento do compositor húngaro. Completando, há as participações especiais dos bailarinos Marcelo Misailidis e Joseny Coutinho que interpretam, respectivamente, o pai de Armand e o duque. Os cenários e figurinos do espetáculo são do teatro argentino. Além de Federico Fernández, a montagem contará também com o jovem e virtuoso pianista do Colón, Iván Rutskauskas. A regência fica a cargo do maestro Henrique Morelenbaum, que também participou da estréia de Ana Botafogo como primeira bailarina do Theatro Municipal, em ‘Coppélia’, e regeu para Margot Fonteyn quando ela esteve no Brasil em 1967 . A remontagem é de Grant Coyle, o principal coreólogo do Royal Ballet, de Londres. A turnê que marca os 35 anos de carreira de uma das mais importantes bailarinas do país teve início no dia 17 de setembro, no Teatro Guaíra. O espetáculo chega a São Paulo, dias 24 e 25, no Teatro Alfa. E, finalmente, aporta no Rio Janeiro, 1 e 2 de outubro, no Theatro Municipal.

Anúncios