Lenha na fogueira

 

Mercado Cultural fica sem a Fina Flor do Samba!

 

*********

Calma! Acontece que na próxima sexta feira Ernesto Melo vai oferecer aos integrantes do Grupo que toca toda sexta feira no Mercado Cultural um jantar de confraternização e por isso, o samba só volta a “rolar” no Mercado no dia de Reis, ou seja, 6 de Janeiro!

 

***********

Em vista disso, o, Poeta da Cidade divulga a seguinte nota:

 

********

Caros amigos,

************* 

1.       Mais um ano que chega ao fim e estamos juntos, graças a Deus e à generosidade de vocês que fizeram desse Projeto um sucesso. Pagaram para tocar e alegrar nosso público sedento de diversão e arte. Como amigo, digo obrigado pelo apoio. Como público, digo que graças a vocês hoje temos o referencial de um bom samba, de competência e de comprometimento com o resgate e preservação de nossa história;

***********

2.       A todos, um excelente 2012, vocês o fazem por merecer. Certamente 2012, já como pessoa jurídica teremos um melhor retorno financeiro. Estamos com 02 (dois) Projetos aguardando definição (BASA e VISA); mais 02 (dois) a serem deflagrados em Janeiro (SECEL e IARIPUNA), e mais alguns, menores, calcados na Lei do Mecenato (IRPJ) junto ao empresariado local;

***********

3.       Por fim, na próxima sexta feira não nos apresentaremos no Mercado Cultural como de costume, pois, estaremos em nossa festa de confraternização, 

***********

4.       Aqueles que, inadvertidamente magoei, peço sinceramente minhas desculpas, até por que, que esse encontro seja de confraternização mesmo, desarmamento de espíritos e para, juntos, nos prepararmos para o que vem aí, em 2012.  

***********

 Um fraterno abraço do amigo que, às vezes, magoa, mas que ama vocês prá caramba. Ernesto Bento de Meço!

***********

Como nem tudo são flores:

*************

É com profundo pesar que registramos o falecimento do o ex-prefeito de Guajará-Mirim (seria eleito em 2012 também), e ex-deputado estadual, Isaac Bennesby, ocorrido na tarde deste domingo, 25, no município de Guajará-Mirim.

*********

Atualmente Isaac Bennesby era o responsável pelo Departamento de Obras do Governo Estadual em Guajará Mirim.

*********

À família de Isaac e a população de Guajará Mirim as condolências deste colunista e da família Diário da Amazônia.

**********

Bom! Quinta feira passada, tivemos a oportunidade de passar momentos muito agradáveis.

**********

Foi com o show da Cia Los Dinos durante a Seresta especial que aconteceu no Mercado Cultural sob a coordenação do Heitor Almeida.

*********

A Cia Los Dinos nos proporcionou um repertório dos melhores durante mais de duas horas de apresentação.

*********

Julio Yriarte, Pedro Wanderlei, Carlos Guery, Beniamine, Erivaldo e Heitor integram a Banda que onde quer que se apresente é sucesso.

*********

O interessante da Cia Los Dinos é que todos tocam por amor, pois são profissionais liberais.

*********

De parabéns a equipe da Fundação Iaripuna que coordena a Seresta Cultural.

*********

Por falar nisso, estamos tentando convencer nosso amigo Altair Lopes – Tatá a realizar através da Fundação Iaripuna o Reveillon do Mercado Cultural.

**********

Ele ficou de conversar com o pessoal da Secretaria de Finanças da Prefeitura no sentido de conseguir a liberação de recursos para a realização do que nós passamos a chamar de “Virada Cultural no Mercado”.

***********

Se o Tatá conseguir a verba, vamos trabalhar no sentido de reunir os melhores músicos que participaram da Fina Flor do Samba, da Roda de Samba do Beto Cezar e da Seresta Cultural durante este ano para tocarem na “Virada Cultural no Mercado” na passagem de ano.

***********

Tenho plena certeza que o evento vai ser coberto de sucesso.

**********

E tem mais, de acordo com os búzios que joguei na Virada do Ano não vai chover!

**********

Estamos contando com você Tatá!

PIADA

Se possível mantenham-se sério

Em tempo de recesso de natal e final de ano, as notícias culturais ficam escassas, até porque a maioria dos artistas que produzem espetáculos culturais sai em férias. Sendo assim, resolvemos publicar a partir de hoje, um série de piadas que nos são enviadas pela amiga Rose que reside em Mato Grosso. Divirtam-se

De onde vêm os bebês ruivos?

Depois do bebê nascer, o pai, aflito, foi falar com o obstetra.

“- Doutor estou muito preocupado porque a minha filha nasceu com cabelos ruivos. Não pode ser minha!”

“- Que disparate!”, disse o médico. “- Mesmo que você e a sua mulher, ambos, tiverem cabelo preto, podem ter cabelos ruivos nos genes da vossa família.”

“- Não é possível!” insistiu o pai. “- Ambas as nossas famílias têm tido cabelos pretos há muitas gerações.”

“- Bem,” disse o médico “tenho que lhe perguntar: “- Com que frequência você e a sua mulher praticam sexo?”

O homem, envergonhado, respondeu:

“- Este ano tenho andado muito cansado de tanto trabalhar. Só fizemos amor uma ou duas vezes nos últimos meses.”
“- Então aí está!”, disse o médico confiante.

“É ferrugem!” rsrsrsrs ….

A Mulher que vendia prazer

Joãozinho está dentro do carro do seu pai, quando avista duas prostitutas na calçada…

– Pai, quem são aquelas senhoras?

O pai meio embaraçado, responde:

– Não interessa filho… Olhe antes para esta loja… Já viu os lindos brinquedos que tem?

– Sim, sim, já vi. Mas… quem são as senhoras e o que é que estão fazendo ali paradas?

– São…. são. São senhoras que vendem na rua.

– Ah, sim?! Mas vendem o quê?? – Pergunta admirado o garoto.

– Vendem… vendem… Sei lá… vendem um pouco de prazer.

O garoto começa a refletir sobre o que o pai lhe disse, e quando chega em casa, abre a sua carteira com a intenção de ir comprar um pouco de prazer. Estava com sorte! Podia comprar 50 reais de prazer! No dia seguinte vai ver uma prostituta e pergunta-lhe:
– Desculpe minha senhora, mas pode-me vender 50 reais de prazer, por favor?

A mulher fica admirada, e por momentos não sabe o que dizer, mas como a vida está difícil, ela aceita. Porém, como não poderia agir de forma ‘normal’ com o garotinho, leva o garoto para casa dela e prepara-lhe seis pequenas tortas de morango.

Já era tarde quando o garoto chega em casa. O seu pai, preocupado pela demora do filho, pergunta-lhe onde ele tinha estado. O garoto olha para o pai e diz:

– Fui ver uma das senhoras que nós vimos ontem, para lhe comprar um pouco de prazer!

O pai fica amarelo:

– E… E então… Como é que se passou?

– Bom, as quatro primeiras não tive dificuldade em comer, a quinta levei quase uma hora e a sexta foi com muito sacrifício. Tive quase que empurrar para dentro com o dedo, mas comi mesmo assim. Ao final estava todo lambuzado, melequei todo o chão, e a senhora me convidou para voltar amanhã, posso ir?

O pai desmaiou…

Anúncios