Desculpe aí, gente…

Tenho andado “meio maluco” ultimamente, com idas e vindas a um município vizinho. Além disso ainda tem a terra fresca do sítio que começo a semear, enquanto a chuva é amiga.

Estou ausente como escriba. Mas tenho acompanhado (ou tentado acompanhar) as novas da cidade, estado e país.

Por exemplo, é com uma satisfação enorme que brindo à vitória da nossa querida Escola Asfaltão. Agremiação diferente por ser exatamente UMA FAMÍLIA.

Parabéns a todos. O abraço será dado pessoalmente, podem crer.

Também ausentei-me do Mercado Cultural, onde as quintas-feiras continuam sob o comando de Heitor, nosso querido amigo e companheiro. Sei que as sextas continuam sob o comando do Mestre Ernesto. Prometo voltar logo. Podem crer.

Mas continuo sabendo de outras velhas novas… como o Vascão de meu irmão que foi vice no brasileirão e na Taça Guanabara. Tenho que aguentar a tristeza no olhar dos vascaínos.

É duro. Pior que a nossa em ver R-10 não valer um tostão e cobrar milhões de um clube que já deve mais do que vai arrecadar em 10 anos.

Abração a todos e aproveitem o fim de semana.

O meu vai ser “no sítio do futuro”. Quando as mangas começarem a cair vai ser uma festança só, sô!…

Anúncios