Ocê é u culíro do meu zóio. O chicrete da minha carsa dins. O rechei do meu biscoito. A mastumate do meu macarrão. O Vidi prifume de minha pintiadeira. Deusdocéu eu gosdimais d”ocê. Eu vô inté pega um tijolo e iscreve bem grande nele: SARDADI dispois eu jogo ele n’ocê procê vê como sardadi dói…

Anúncios