Governo do Confúcio continua dando calote.

Êta governo caloteiro.

Soubemos, semana passada, que Confúcio cancelou por Decreto, todos os empenhos de convênios. Em junho/julho de 2012.

Não dá pra entender é a cara-de-pau de alguns políticos, ao afirmar que “o dinheiro está garantido”, se o caloteiro cancelou todos os empenhos. Será que não sabiam ou fizeram o mesmo jogo do governador do calote?

Até hoje não foi repassado o valor acordado para a realização do Arraial Flor do Maracujá. Para Confúcio, “que se danem os endividados”.

Pior, ainda, é o Festival de Bumbás de Guajará Mirim. Realizado no segundo fim de semana de agosto, até agora o repasse da verba comprometida pelo governo não saiu. E o Senador Valdir Raupp ainda foi pro meio da quadra falar em alto e bom tom, ao microfone, que ninguém precisava se preocupar pois o dinheiro estava empenhado e iria sair até a quarta feira da semana seguinte. Pura balela!!! Ele mesmo deve estar com vergonha até hoje (se é que sobrou alguma).

Da mesma forma, o Secretário Chicão Leilson (á época, titular da SECEL), meio constrangido porque a banda do Malhadinho se recusava a tocar sem receber, garantia que até a quarta feira seguinte a verba estaria totalmente nas contas dos bumbás. Pura mentira. Ele mesmo sabia que mentia.

“Os bumbás que se danem!” Afinal, pra que alegrar o povo?

E os portões foram abertos ao público, porque o convênio assinado previa assim: o governo pagava para o povo assistir de graça!

Sabem, todos, o que deverá ocorrer no próximo ano. Portões abertos apenas para quem puder (e quiser) pagar para ver o evento.

Acredite em governo quem quiser. Eu acho mais fácil acreditar em Papai Noel e coelhinho da páscoa.

Sabem