Já publiquei aqui e volto a repetir. Não tenho rabo preso com políticos nem com partidos. Minha indignação com o que se faz em Rondônia é que me força a escrever tais textos aqui e republicar o que já se vê na mídia.

O DNIT é o caos em Rondônia. É a inoperância, precisamente isso. Não posso afirmar que existe corrupção no órgão, mas a inoperância conduz àquela antiga questão: A quem interessa esse embaraço nas obras de Rondônia?

 

É a vez da BR-429. Sem manutenção, a rodovia que liga o interior (sul/sudoeste) à BR-364 está de vez cortada após uma ponte ceder quando da passagem de um caminhão basculante (a popular caçamba).

 

Isso já aconteceu na BR-364, lembram? Porto Velho teve seu trânsito interno violentado. Ruas dos bairros Ulisses Guimarães, Marcos Freire, Mariana, São Francisco, JK, Tancredo, etc., foram invadidas pelas carretas. O asfalto foi seriamente danificado. As calçadas, idem. E os reparos? Alguém lembra do DNIT recuperando ruas e calçadas?

 

Pois então… agora foi necessária a intervenção do Senador Acir Gurgacz para que o DNIT se movesse. Talvez o 5º BEC seja acionado e verdadeiramente tenha-se uma ponte com estrutura digna para suportar trânsito pesado.

 

O artigo do Senador está aí embaixo. Leia.

 

 

 

 

03/04/2013

 

Acir cobra solução urgente para a BR- 429

 

O senador Acir Gurgacz (PDT) cobrou nesta quarta-feira(3), providências do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para a situação da BR-429. Na terça-feira, 2, mais uma ponte cedeu na rodovia. O elevado que faz a passagem sobre o Rio Preto, em São Miguel, desabou quando um caminhão basculante fazia a travessia sobre a estrutura de madeira.

BR 429 - VERGONHA PARA O DNIT 

A situação agrava a condição dos municípios de Seringueiras, São Francisco do Guaporé e Costa Marques, que depois da queda da via estão isolados e sem passagem para a BR-364, que atravessa o Estado até a Capital, ou com o município de Rolim de Moura, maior cidade da região.

 

O diretor geral do Dnit, general Jorge Fraxe, afirmou ao senador Acir que irá viabilizar uma alternativa emergencial para que os municípios dessa região não fiquem isolados. Ele cogitou a possibilidade de acionar o Exército para a construção de uma ponte móvel. O edital para a licitação das obras das 15 pontes da BR-429 foi lançado no último dia 18 de março.

 

Para a restauração da BR-425, que liga a Ponta do Abunã a Guajará Mirim, o edital de licitação foi publicado na última segunda-feira, dia 1º, e as obras podem iniciar em até 60 dias. O diretor do Dnit também disse ao senador que já notificou a empresa responsável pela restauração da BR-364, que deverá iniciar as obras imediatamente.

 

 

Anúncios