Category: AMIZADE


FELIZ DIA DO AMIGO

Bom dia, gente querida.
Hoje é o Dia do Amigo.
Refletindo, lembrei o dia em que reencontrei minha irmã Maria Augusta Quintela, em seu apartamento no Rio. Passamos a tarde sentados no chão de seu quarto, olhando fotos e matando a saudade de quando vivíamos juntos.
Havia, misturado às fotos, alguns marca-folhas. Daqueles com mensagens para se marcar a página do livro que se está lendo, quando interrompida a leitura.
De cara notei um que batia muito comigo, pois falava de amizade.
Ela presenteou-me com o cartão. Guardo com carinho até hoje.

Amizade é muito importante para mim. Muito mais que o amor, costumo dizer. Pois quando o amor se rompe, normalmente fica o rancor, até ódio da pessoa dantes amada.
E a amizade é indissolúvel, não se rompe, não se quebra.
O que não quer dizer que não possamos ficar com raiva, em certos momentos, da pessoa querida. Mas, guardar mágoa, rancor… isso nunca.

Já discuti com vários amigos, mas isso é questão apenas de momento de divergência de opinião. Nada que perdure.

Da mesma forma, a amizade não exige contemporaneidade, muito menos presença.
Disse-me, certa vez, um grande amigo, já saudoso: “Nossa amizade não se abala nem pelo tempo nem pela distância. Podemos ficar anos sem nos vermos que no reencontro a amizade estará ali, sólida, incólume e mais fortalecida, até.

É assim… nada que abale, mesmo.

E a frase que tirei num momento de definição: Se um amigo morrer, pode ser que não tenha ninguém da sua família junto com você para prantear a dor, mas se um parente seu falecer, com certeza haverá pelo menos um amigo a lhe amparar, buscando consolo para sua dor”.

E, hoje, quero deixar aqui meu abraço festivo, ou, como costume escrever, fraterno e sempre sincero a todo(a)s amigo(a)s que fazem parte de minha vida.

FELIZ DIA DO AMIGO!!

 

Bom dia gente amiga e tão querida.

Ontem, ao completar um mês desde o passamento de minha filhota Aline Quintela, decidi encerrar os compromissos em nome da religião.
Mesmo porque o tempo nos traz lições e ao passar vai curando as feridas. As cicatrizes que ficam são para lembrar.
A dor não passa, mas aprendemos a conviver com ela.
Aline nunca será esquecida. Viverá, enquanto vivermos, em nossos corações.
Mas, o que pudemos fazer está feito. Agora é seguir em frente.

Então, ao final da missa, a cada uma das pessoas que trouxe o abraço amigo, garanti que daqui pra frente “vou celebrar a vida e não lamentar mais a morte”.
Tenho missões a cumprir e preciso seguir em frente.
Por respeito e por amor àquela que partiu para outro plano, preciso prosseguir.

Obrigado a todas as pessoas que se irmanaram comigo nesse período de intensa dor.

Deixo com vcs alguns versos de Gonzaguinha, porque sei que ainda poderei chorar.

E se eu chorar e o sal molhar o meu sorriso
Não se espante, cante, que seu canto é minha força pra cantar
Quando eu soltar a minha voz, por favor entenda
É apenas o meu jeito de viver
O que é amar.

Música, estou voltando!

Boa quinta-feira.

‪#‎boravivermundo‬!

Olá, gente querida.
Estou um tanto ausente deste espaço por problemas de ordem maior.

De qualquer forma não posso deixar de publicar aqui, como de hábito, o resultado da reunião realizada pela Escola Asfaltão que, com nova diretoria já urge para o ano vindouro, com suas ações sendo desenvolvidas e planejadas. Então segue aí o comunicado da amiga Silvia que continua à frente da Diretoria de Comunicações de nossa escola querida.

Senhores(as),
Segue em anexo o resultado do Planejamento da escola de Samba Asfaltão.
Pedimos se possível, a veiculação deste material.
Grata,

Silvia – 9982-9381
Diretora de Comunicação do GRESA

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente,
antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”.
(Charlie Chaplin).

ASFALTÃO MANTERÁ SUA MISSÃO

“…O samba agoniza , mais não morre…” (Nelson Sargento)
O Samba é um ritmo genuinamente Brasileiro que surgiu a partir das danças, rituais e ritmos de raízes africanas. Aqui na terra do gingado e do swing, ganhou uma característica com  estilo,  cara,  jeito e harmonia encontrada somente neste País tropical, por isso é considerado uma das principais manifestações culturais populares do Brasil.
Em Rondônia, mas especificamente em Porto Velho, sob a responsabilidade de muitos que já estiveram neste plano e outros que por aqui ainda cumprem sua missão, a história deste ritmo segue, a duras penas e graças a garra de muitos bambas, ainda se mantém firme e muito viva.
1.  A Escola de Samba Asfaltão avalia e planeja para organizar!!
A Escola de Samba Asfaltão, visando continuar e revitalizar esta história, procurando fortalecer ainda mais, junto com todas as pessoas que carregam consigo este propósito, reuniu a sua Diretoria no dia 28/03/2015, pra avaliar, planejar e organizar suas ações. Assim definidas:
1.1.    AÇÕES ESTRUTURAIS que consiste em cuidar da estrutura e do Patrimônio da Agremiação;

1.2.    AÇÕES ADMINISTRATIVAS – redefinir e organizar as ações burocráticas da Instituição;

1.3.    AGENDA SOCIAL – são as agendas de eventos que envolvem o fortalecimento do samba, o Projeto leituras ao Vento, Rua de lazer, integração com a comunidade e outros eventos tradicionais da Agenda do Asfaltão.
• O destaque especial neste item é o Projeto Samba Autoral, criado por membros da Família Asfaltão junto com outros bambas de Porto Velho, que vem incentivando os compositores e compositoras de nossa cidade.
• Destaque também, para o esporte por meio do futebol, que além de possibilitar qualidade de vida, tem proporcionado intercâmbio com clubes e equipes locais e atletas de outras cidades.

1.4.    AGENDA CARNAVAL – que nada mais é do que planejar e organizar as ações da Escola, pertinentes ao carnaval de 2016 dentre as quais estão os encaminhamentos para a Escolha do Enredo; Entrega da Sinopse, Escolha do Samba de Enredo dentre outras ações.
• Destaques do Planejamento
Duas ações comentadas a seguir foram discutidas intensamente, e por isso destacadas pelos presentes na reunião de Planejamento.
Agenda Social – Escolinha de Percussão
É um Projeto da Escola iniciado a 2 anos atrás, que apesar de ter preparado muitas crianças e adolescentes, esteve suspenso por algum tempo por falta de apoio e estrutura.
Agora, graças a uma parceria que está sendo consolidada com acadêmicos da Faculdade São Lucas, terá continuidade. Conduzido pelo Mestre Danilo e os Contra Mestres Eduardo Soneka e Junior Frajola, desta vez, além de nossas crianças e adolescentes, serão também incentivados e preparados discentes desta instituição.

Desfile das Escolas de Samba
Este assunto bateu recorde na avaliação negativa, principalmente por lembrarem que nesta gestão municipal, a tradição dos desfiles das Escolas de Samba não aconteceu e o sentimento de todos é, ao que tudo indica, da forma que vai, nem o de 2016 acontecerá. Se realmente quisessem ou quiserem, este seria o momento, para o planejamento do Desfile do ano que vem e, tanto Funcultural quanto FESEC da qual o GRESA é filiado, deveriam estar debruçados neste projeto.
Não adianta empurra, empurra de data, pois fruto de problemas oriundos tanto de gestões passadas da FESEC e da má vontade da Prefeitura Municipal de Porto Velho por meio Funcultural, bem como do Governo do Estado que demonstra total descaso com a cultura, o sentimento geral da Diretoria é que a exemplo do que aconteceu em 2014, o desfile de 2015, fracassou.
Muitos pontos foram levantados, o mais grave e que muito preocupa, é o fato de não percebermos, por parte da gestão municipal, vontade para sanar esta dívida cultural e política para com os fomentadores e admiradores deste segmento da cultura.
Se querem de fato sanar este débito cultural, vamos agora no mês de abril Fulcultural e Fesec, junto com suas filiadas, começar a Planejar, e a elaborar o projeto de organização para os desfiles de 2016.

Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro – 9982-9381
Diretora de Comunicação

MEU TEMPO

Quer saber de que tempo eu sou?
Sou do tempo em que se escovava os dentes com Kolynos… só por causa da “namoradinha do Brasil”.
Sou do tempo em que se tomava banho à tardinha e vestia uma roupa limpinha… mesmo que fosse só pra ficar em casa.
Sou do tempo em que, quando acordava, pedia bênção ao pai e mãe. E não dormia sem repetir o gesto e a palavra.
Sou do tempo em que os pais podiam criar, sim, seus filhos, sem a tutela do Estado.
Sou do tempo em que a conversa dos adultos não era interrompida a não ser por extrema necessidade, precedida de um “com licença.”.
Sou do tempo em que viver a vida significava apenas viver a própria vida e não vida dos outros.
Vc é desse tempo? Então é meu(minha) contemporâneo(a). E vivemos muito bem.

Inicialmente, bom dia, gente querida.

Estive ausente, logo após o retorno da “cheia do Madeira”. Acontece que nossas instalações ainda estão sofríveis. A água que entrou pelas tubulações compromete a fiação e – sabe-se lá por quê, Meu Deus – um raio que atingiu os cabos de telefonia causaram pane em modem, roteador, portas… etc, de meu equipamento de informática. Resultado: Ficamos sem Internet por mais de uma semana.

Agora, com dispositivos novos e já tudo “arrumado”, estamos de volta.

Agora segue o pedido de desculpas à Família Asfaltão.  Sempre que recebo uma nota da Diretoria de Comunicação através da amiga Silvia, posto no blog e faço chamada pelo facebook. Infelizmente, a nota chegou durante o período sem net. Desculpas apresentadas!

Continuando, a Nota da Asfaltão segue na íntegra, mesmo defasada no tempo para a comemoração do Dia das Crianças. Não seria muito ético editar.  Então segue aí.

Bom dia!

Senhores(as), com os cumprimentos da Família Asfaltão, peço se possível a veiculação do material abaixo.

Grata,

Silvia – 9982-9381

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente,
antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”.
(Charlie Chaplin).

 

 

ASFALTÃO ELEGE NOVA DIRETORIA

O GRESA – Grêmio Recreativo Escola de Samba Asfaltão, realizou nesta terça feira, dia 07 de outubro, a assembleia de reforma Estatutária e Eleição da nova Diretoria.

A renovação é um passo importante para esta reestruturação, com este pensamento, foi eleito como Presidente o jovem Danilo Cardoso, filho de Reginaldo Cardoso (Makumbinha). Nascido em 19/08/1989, Danilo Fith como é conhecido, desfila na Escola desde os 6 anos de idade, sempre na bateria. Multi instrumentista, é compositor e cantor. Em 2010 foi conduzido à Contra Mestre da Bateria da Escola a Pura Raça. Em 2009 já dividia o posto de Mestre de Bateria junto com experiente Admilson kinghtz, o Mestre Negão, titular da Batuta.

O Presidente eleito é também componente da ala de compositores da escola de Samba Asfaltão. Graduando em Análises Clínicas e Recursos Humanos, é percussionista nos grupos de pagode Samba VIP e Samba Mais.

Como Vice Presidente, fará a dobradinha com o Mestre Danilo, o seu parceiro Eduardo Dias, nascido em 11/12/1993, também ritmista, compositor e cantor que desfila no Asfaltão desde os 5 anos de idade.

Outros dois jovens passam a compor a Diretoria, Allan Junior, nascido em 06/05/1993 ritmista, compositor e cantor. Desfila no GRESA desde os 3 anos de idade, é Também Contra Mestre da Bateria Pura Raça. Hoje focado para se aperfeiçoar no cavaquinho, Juninho como é chamado pela atual Diretoria, assume a Diretoria de Patrimônio.

Dentro desta renovação está a jovem Camila Pinheiro, nascida em 10/11/1990, que desfila junto com a Família Asfaltão desde os 3 anos de idade, foi destaque em vários desfiles. Atuante nos barracões nos trabalhos manuais, ultimamente junto com outros colegas, ela tem assumido a missão de Diretora de Harmonia na avenida. Graduanda em Direito, Camila assumirá a Diretoria de Finanças da Escola.

Este quarteto, Danilo, Eduardo, Allan Junior e Camila, chegam com novas ideias, trazendo energia e disposição. Com a origem do reduto do samba, assumem papéis importantes, com a missão de junto a outros amigos, sejam da escola ou das coirmãs, fortalecerem e manterem viva a resistência do Samba em Porto Velho. Eles contarão com a experiência de componentes da atual direção que ficaram com as seguintes atribuições: Andreia: Secretária; Vanilce: Administradora; Silvia: Diretora de Comunicação; Osvaldo Pitaluga: Diretor Social; Everton: Diretor Jurídico; Makumbinha: Diretor de Carnaval; Oscar Knight: Diretor Musical; Janilson conhecido como Jacaré: Diretor de Esporte. Membros do Conselho Fiscal Efetivo: Anderson Machado, Tatá, Léia; Membros do Conselho Fiscal Suplente: Maria José, Ismael Barreto e Wilma Dias.

“…Que esta nova composição da Diretoria tenha sucesso em seu trabalho…” Assim disse Makumbinha, que está deixando a Presidência.

 

Fazer “Escola”, é preparar e passar o legado da importância em se manter viva uma história. É transmitir que mais que querer, é importante viver e sentir o que é cultura pra que esta chama não se apague.

 

AGENDA

A nova Diretoria já tem uma agenda a cumprir ainda este ano, dentre elas estão:

 

  1. Rua de Lazer alusiva ao dia das crianças, que acontece neste sábado (11/10), na Tenda do Tigre, das 08:00 às 12:00. A Tenda do Tigre fica localizada na Jacy Paraná entre Getúlio Vargas e Brasília; e

 

  1. Baile Brega, que acontecerá no próximo mês de novembro;

 

  1. Tem ainda a semana de Zumbi, o dia do Samba e o Dia de Santa Barbara, agendas que se encontram em fase de ajustes e adequação.

 

A Família Asfaltão conta com o apoio e a participação de todos que valorizam e respeitam a cultura.

 

 

Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S Asfaltão

 

Parabéns  à nova Diretoria. Sucesso ao Danilo e seu grupo.
Na realidade, tenho que dar os parabéns a toda a Família Asfaltão, que cede espaço à juventude para que exponha seus sonhos e os torne realidade. 

 

 

O VALOR DA AMIZADE – SERPINHA

Por Artur Quintela

 

Quando uma pessoa se faz amiga de outra, coloca-a dentro do coração. E de lá não a tira mais. Deixa perpetuar-se, como se parte de si próprio fizesse.

 

Alguns amigos demoram mais a tornar-se donos do coração. Já outros – que chamo de anjos – chegam voando e não precisam subir os degraus da amizade para serem tão importantes.

 

No período de cheia do Rio Madeira tive minha casa, escritório e outro imóvel – à época alugado para terceiros – fortemente atingidos pelas águas. Viver um pesadelo daquele tipo era inimaginável para mim. Ano passado fizera uma oração, agradecendo a Deus por ter escolhido um lugar tão bom para minha família residir e viver. Longe de desmoronamentos, não sujeitos a cheias pluviais repentinas, muito menos alagações. Dista mais de quinhentos metros da margem do Madeira.

 

Entretanto, o que não era esperado, o que julgávamos impossível, aconteceu. E tive que sair às pressas porquanto, embora informassem que as águas subiam dezessete centímetros por dia, houve vez de superar os vinte e cinco. E período em que, em quatro horas, apenas, o nível subiu quinze centímetros. Afirmo porque fiz medições desde que a água chegou às bueiras das cercanias. Elaborei uma régua e diariamente realizava medições. Várias delas, no final.

 

Perdi alguns móveis, eletroeletrônicos… mas principalmente, perdi a dignidade. Sempre trabalhei (comecei aos sete anos) e provi minha casa de recursos necessários à manutenção da ordem familiar. E, de repente, fiquei sem meu ambiente de labor diário, sem condições de sustentar a família.

 

Foi naquele momento que pude ver o que tinha produzido em minha vida pregressa. O amor, a compreensão, a mão amiga dos familiares, parentes e amigos, fizeram-me forte. Fizeram-me entender que não estava só. Sobraram-me momentos de alegria. Parecia não haver cheia. Acomodei-me em imóvel de parentes. Chegaram-me alimentos. Valores foram depositados para suprir as necessidades mais prementes. Se, por meu lado, deixei de comprar “aquela cervejinha”, por outro me chegavam os familiares e amigos e diziam “não vamos deixar a peteca cair”.

 

Certo… Irão dizer alguns que família é para se unir nessas horas e superar as dificuldades. E amigos também, ora.

 

Pois é o que mais vale. Os amigos chegaram-me de montão. Vi que minha vida tinha sido voltada para formar amigos fortes e sua força fazia-me forte também.

 

A todos eles deixei meu agradecimento. Mesmo àqueles que, de longe, apenas mandavam-me palavras de conforto e solidariedade. Eram tão importantes quanto os próximos.

 

E, hoje, pus-me a refletir. Em várias vezes de nossas vidas nos deparamos com dificuldades. E, nessas ocasiões, eles – os amigos – surgem como anjos. Anjos protetores.

 

Em um desses momentos – triste demais – tive uma de minha prole acometida por doença em um período muito difícil. Estávamos ambos – eu e minha esposa – desempregados. E ver uma filha com câncer, já é um suplício. Sem condições de tratamento na cidade, é demais.

 

Foi naquele tempo que uma amizade de infância reapareceu em minha vida. Já com os cabelos teimando em abandoná-lo, surgiu entre a névoa como luz e buscou a solução que o Excelso Criador lhe permitia no momento.

 

Talvez ele mesmo não tenha percebido a grandeza de seu gesto naquela ocasião. Talvez, não! Com certeza não percebeu, tamanha é a grandeza de espírito e generosidade que tem.

 

Muita gente talvez nem entenda o “porquê” desse depoimento. Acontece que essa pessoa passou a integrar nossa família, mesmo sem pisar em nossa casa. É importante que se mantenha viva a memória de um ato simples para ele e tão importante para mim.

 

Antonio Serpa do Amaral Filho – que conheci e trato por Serpinha, e atualmente é conhecido por demais no meio cultural como Bazinho – é essa figura de coração enorme que poucos conhecem tão bem.

 

Talvez a simplicidade do seu viver, a humildade – mesmo sendo filho de um dos melhores (há quem diga que foi o melhor) prefeitos de nossa capital – sejam qualidades que não lhe permitem orgulhar-se, muito menos recordar-se de atitudes tão bonitas.

 

Serpinha viu a dificuldade, a lentidão, dos processos jurídicos. Sentou-me à garupa de sua moto e, em menos de dez minutos havia conseguido a liberação da parcela do FGTS retida em dos planos governamentais. Não sabia. Não perguntou… Mas aquele valor seria utilizado para a viagem de minha filha a Manaus, a fim de realizar tratamento do câncer que a afligia.

 

Assim é Serpinha. Simples, bondoso, carinhoso… e tantos bons adjetivos mais que nem Aurélio Buarque de Holanda conseguiria verbetar todos.

 

Obrigado, Serpinha. Obrigado, Bazinho. Obrigado Antonio Serpa do Amaral Filho… por ser MEU AMIGO!

 

Anote-se! Registre-se! Torne-se público!

 

 

 

 

Olá, gente amiga.

Que bom estar de volta após os tenebrosos meses da (e pós) alagação que quase destruiu minha casa.

Já fui cobrado por muita gente amiga por ter “abandonado” meu blog. Mas estou de volta com a cuca cheia de temas para artigos. E vamos começar pelo evento de ontem, na Ladeira Comendador Centeno, aqui em Porto Velho.

O velho prédio que abrigou a Prefeitura e a Câmara de Vereadores de nosso Município está sendo restaurado e promete abrigar o Museu da Câmara.

Fiquei feliz por vários motivos ontem. Ao participar com algumas músicas foi de somenos importância. Mas, ver o amigo e companheiro Anisio Gorayeb (o filho) emocionar-se com a oficialização do nome que será dado àquela casa, emocionou-me também. Seu pai, que orgulhou esta cidade como verdadeiro edil defensor do povo, foi homenageado  e seu nome (in memoriam) será atribuído ao nosso mais novo prédio.

E ver tanta gente bonita e amiga ali foi compensador.

Nosso querido Bazinho não cansava de fotografar. Queria guardar tudo na info-memória. Com razão. Justificadíssimo. Afinal, a associação da qual é membro fundador foi a mentora do projeto que recuperou aquele prédio – altamente erodido pelo tempo e descaso das autoridades.

A Associação Cultural Rio Madeira não só cuidou da parte do planejamento como aliou-se ao atual Presidente da Câmara Municipal – Alan Queiroz – para levar à frente a obra de recuperação que – diga-se de passagem – está muito bonita e na parte final.

Citar todos os nomes aqui, seria passar o dia inteiro escrevendo. Mas, sem injustiçar, podemos citar Silvio Santos (Zekatraca) que, com o filho Silvinho deu um show, acompanhados pela banda da Seresta Cultural, comandada pelo Heitor Almeida. Também se fizeram presentes Alciréia e o esposo Calmon. Ela foi outro show no palco.

Dentre as personalidades marcantes de nossa história política, contamos o Presidente da Academia Rondoniense de Letras (William) e o compositor do Hino de Porto Velho, Claudio Feitosa. esse, por sinal, muito esquecido pelas autoridades municipais, pois sequer consta seu nome como compositor de nosso símbolo musical.

Claro que ficam muitos nomes de fora dessa lista, gente de importância, mas que requer uma lista enorme.

A todos fica aqui meu muito obrigado.

Como de hábito, estamos divulgando aqui a programação da Escola de Samba Asfaltão.

Senhores(as),

Peço se possível, a veiculação deste material.

grata,

Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro – 9982-9381

Dir. de Comunicação do GRESA

 

ENSAIO SHOW TERÁ PARTICIPAÇÃO DE BETO CEZAR

ASFALTÃO 07.02.2014

Conforme já foi anunciado, os ensaios da Escola de Samba Asfaltão começaram e acontecer de terça a sexta feira na Tenda do Tigre que fica localizada na Rua jacy Paraná, entre Brasília e Getúlio Vargas. “A comunidade tem participado e atendido ao nosso convite”, mencionou o Presidente da Agremiação.

Ensaio Show

Sempre as sextas feiras, o ensaio será diferenciado, por isso é denominado Ensaio Show. Neste dia acontecerá sempre o primeiro momento de ensaio com os brincantes, a Bateria Pura Raça e a Rainha da Bateria.

Como a Escola se refugia e é abrigada no reduto do samba, não poderia ser diferente, o segundo momento será regado a uma boa e harmoniosa Roda Samba, que nesta sexta 07/02, terá a participação especial do cantor e compositor Beto Cezar.

 

Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S. Asfaltão

A Família Asfaltão despede-se de 2013 com dois eventos dignos. Primeiro, teremos na próxima sexta-feira – 06 – um encontro de sambistas para comemorar o verdadeiro samba, raiz das tradições brasileiras. Como hoje é o Dia do Samba e numa segunda-feira, tradicionalmente, o trabalho é pesado (claro, depois do fim de semana puxado…) a Escola Asfaltão irá comemorar no dia 6, congregando as massas que não dispensam o melhor dos fins de dia da semana.

Por outro lado, no dia 10, Clarice Lispector será homenageada pela melhor Escola de Porto Velho na Casa da Cultura Ivan Marrocos, em evento grandioso que iniciará às 19,00 horas.

Leia aí a nota completa distribuída pela Diretora de Comunicação Silvia Pinheiro.

Senhores(as),

Peço se possível, a veiculação deste material.

Grata,

Silvia – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S Asfaltão

A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte.”

(Mahatma Gandhi)

 

 

2 DE DEZEMBRO DIA DO SAMBA

 

ASFALTÃO IRÁ COMEMORAR COM A COMUNIDADE

 

“Não, ninguém faz só porque prefere. Força nenhuma no mundo interfere, sobre o poder da criação…” (João Nogueira)

 

2 de Dezembro é a data que o Brasil comemora o dia do Samba.  Ele chegou tão contagiante e envolvente que originou vários outros estilos musicais neste País de tantos segmentos de riquezas e diversidades musicais e culturais.

 

Para marcar e comemorar este dia, no dia 06/12/2013, próxima sexta-feira, a Família Asfaltão exaltará o Samba e o dia de Santa Barbara comemorado no dia 4 de dezembro. Este encontro de sambistas se dará a partir das 18:00 horas no Bar do Calixto, que fica na rua Jacy Paraná com Brasília.

 

Como bem disseram Arlindo Cruz e Sombrinha: “…Ser sambista é ver com os olhos do coração, ser sambista é crer que existe uma solução. É certeza de ter escolhido o que convém. É se engrandecer e sem menosprezar ninguém…”, por isso e por manterem acesa a história deste ritmo que nasceu nas senzalas, se abrigou em guetos e favelas, se expandindo para área urbana das cidades brasileiras,  este momento será uma grande confraternização, bem como uma homenagem da escola aos sambistas de nossa amada Porto Velho. SALVE O SAMBA! SALVE OS SAMBISTAS DE PORTO VELHO!!

 

“… Aconselho a você, que seja sambista também!…”

 

LANÇAMENTO OFICIAL DO SAMBA DE ENREDO

 

Este encontro de sambistas, será marcado também pelo lançamento oficial do Samba de Enredo de 2014, escolhido no ultimo dia 9 de novembro. O samba que sagrou-se campeão é de autoria da dupla de compositores Toninho Tavernard e Marquinhos do Cavaco, e desenvolve o Enredo PORTO VELHO, TEU “VALOR” CULTURAL, É A RIQUEZA E O BRILHO DO MEU CARNAVAL! de autoria de Silvia Pinheiro.

 

A AGENDA DA ESCOLA DE 2013, ENCERRA DIA 10/12/2013

 

“Samba pra Clarice…”

 

“…Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho…” (Clarice Lispector)

 

Se estivesse viva, no dia 10 de dezembro a escritora Clarice Lispector completaria 100 anos e seguindo um calendário organizado pelo segmento da literatura nacional, a agremiação fará uma noite intitulada “Samba pra Clarice”, que será realizado no dia 10/12/2013, a partir das 19:00, na Casa de Cultura Ivan Marrocos.

 

 

O Presidente Makumbinha, reforça o convite, ressaltando que a Família Asfaltão sempre recebe os amigos de braços e corações abertos.

Encerrou parabenizando todos os sambistas de Porto Velho, especialmente os que fazem parte desta escola.

 

Silvia – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S Asfaltão
A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte.”
(Mahatma Gandhi)

 

 

Você sabe o que é BIISC? Não?
Bom, o projeto “é a cara do criador”.
Heitor Almeida não se contenta nunca. Depois de criar vários projetos culturais em Porto Velho e Ariquemes, vem à tona o mais novo evento cultural, que é sonho sonhado, realmente.

Heitor, que comanda com maestria a Seresta Cultural das quintas-feiras no Mercado Cultural de Porto Velho convidou-me certa vez para ouvir seu relato a respeito de um sonho que tivera. Sonhara com o General da Banda Manelão. E nesse sonho aparecera uma sigla – BIISC.

Ao acordar tentou e tentou decifrar. Até que “conseguiu”.

Ao contar, Heitor deixava à mostra a emoção. Emoção que não conseguia ser contida. Falou que já tinha, inclusive, alguém que se interessara tanto por seu projeto que disponibilizara recursos para o primeiro evento. Faltava o local. Parece que não falta mais nada.
Em entrevista concedida ao amigo Silvio Santos, o popular colunista cultural Zekatraca, Heitor falou de sua empolgação.

Fato, entretanto, é, que a data da estreia foi “renovada”. Ele falara na quarta passada, mas o jogo entre Flamengo e Atlético Paranaense, pela final da Copa do Brasil, atrapalharia os planos.

Então ficou para o dia 4 de dezembro, quarta-feira próxima.

Lei na íntegra a entrevista que Heitor concedeu  e que se encontra na coluna Zekatraca para quem quiser conferir.

Heitor Almeida – Lançamento do Projeto BIISC

 

O produtor cultural Heitor Almeida idealizador e responsável pelo Projeto Seresta Cultural que é apresentado todas as quintas feiras, no Mercado Cultural de Porto Velho, agora vem apresentar um novo projeto cultural, trata-se do BIISC. Essa sigla quer dizer: “Bar Itinerante, Interativo, Social e Cultural”. O lançamento desse novo empreendimento cultural vai acontecer no próximo dia 4 de dezembro, na casa de shows Mandacaru numa parceria com a APAE. Para falar sobre esse projeto e também sobre a Seresta Cultural, batemos o seguinte papo com o Heitor Almeida.

 

 

ENTREVISTA

 

Zk – Como foi que surgiu a idéia da Seresta Cultural?

Heitor Almeida – Na verdade há muitos anos mexo com cultura. Fui o primeiro a colocar sistema de som na quadra dos colégios, isso no inicio dos anos de 1970. Implantei a discoteca do Ferroviário e Ipiranga, depois fui para Ariquemes, fui fundador da primeira Casa de Cultura junto com o Binho e o Basinho, sou fundador do União Pop, dirigi o Canto Mocambo, entre outras coisas ligadas à cultura.

 

Zk – E a Seresta Cultural?

Heitor Almeida – Devo lembrar que sou um dos criadores da Fina Flor do Samba e derrepente vi que o espaço na Fina Flor estava muito fechado, era aquela mesma coisa, então criei a Seresta Cultural para apresentar as pessoas que gostavam e gostam de cantar sucessos do passado e não tinham espaço na “Calçada da Fama”. No dia 17 de maio de 2014 a Seresta completa quatro anos de existência.

 

Zk – Você conta com apoio do governo municipal para produzir a Seresta?

Heitor Almeida – Não! O apoio que a gente tem só é a liberação do local. Acho que os governantes Municipal e estadual estão deixando muito a desejar nessa questão. O que notamos é que o governo só apoia os projetos que beneficiam o artista que vem de fora.

 

Zk – E como é que você faz para gratificar os músicos que tocam na Seresta?

Heitor Almeida – Vale salientar que o maior cachê no Mercado Cultural quem paga sou eu. Acontece que conto com ajuda de amigos empresários como: Carlos da News Móveis, da Clinica Charles, Dr. Calmon, do meu amigo Cordeiro que chegou agora e está editando o jornalzinho além de colocar o telão. São pessoas que acreditam no nosso trabalho.

 

Zk – E a Banda que acompanha os cantores?

Heitor Almeida – É das melhores, inclusive gostaria de registrar que contamos com um dos melhores guitarristas da Amazônia que é Ronald Vasconcelos que inclusive participou do Projeto Pixinguinha, ele saia daqui para tocar por esse Brasil a fora, na bateria temos o Telêmaco que dispensa comentários, Tonhão que o nosso maestro e o Beneamine que toca o contra baixo e eu que de vez em quando assumo a percussão.

 

Zk – Você está com uma novidade a ser apresentada, qual é?

Heitor Almeida – O nome do Projeto é BIISC.

 

ZK – Isso quer dizer o que?

Heitor Almeida – Foi o seguinte, cheguei em casa meio troviscado , deitei e sonhei e no sonho o primeiro cara que apareceu foi o Manelão dizendo, ainda bem que tu chegou, aqui tá muito calmo, aí falei pra ele, tu não faz o carnaval? – Faço carnaval de ano em ano Nisso passa um carro com essas letras, BIISC. Quando acordei depois de bater muita cabeça consegui decifrar e ficou, Bar Itinerante, Interativo, social e Cultural – BIISC. Então vamos lançar essa ideia no próximo dia 4 de dezembro. Isso tudo em parceria com a APAE.

 

Zk – Como vai funcionar o BIISC?

Heitor Almeida – A entidade nos contrata para fazer o show. Ao firmamos o contrato a entidade contratante se compromete a vender pelo menos 50 mesas o arrecado com a venda das mesas será doado à APAE.

 

Zk – Tem horário?

Heitor Almeida – O Bar BIISC começa a funcionar às seis horas da tarde e fecha às dez horas da noite. Nossa apresentação fica condicionada à venda das 50 mesas e no dia do show cada convidado terá que levar um quilo de alimento, que será recebido na portaria do ambiente onde o BIISC for montado, pelos dirigentes da APAE.

 

Zk – O lançamento vai ser no dia 4 de dezembro. Certo?

Heitor Almeida – É. Vai ser na casa de shows Mandacaru e como vai ser o primeiro e queremos que a ideia alcance sucesso, inclusive o Daniel proprietário do Mandacaru ao tomar conhecimento do Projeto ficou encantado e colocou toda a estrutura da sua casa a disposição da nossa produção. Nesse primeiro BIISC ninguém vai ter que comprar mesa, será cobrado apenas o Quilo de alimento que será repassado à APAE.

 

Zk – Quais os artistas que vão se apresentar?

Heitor Almeida –Vamos começar as 18h00 com o Sandro Bacelar e a Gioconda Trivério fazendo o “Pirarublue”. Das 20h00 em diante entra o show Eternamente Cartola.

 

Zk – Quem faz parte do Eternamente Cartola?

Heitor Almeida – Inclusive quero informar que o show vai apresentar novos músicos, já que o Enio Melo não está podendo se apresentar, resolvi modificar tirei surdo, cavaquinho e ensaiei com o Mauro, Esquerdinha, Júnior Lopes, Argemiro e o Ronald Vasconcelos.

 

Zk – Como a pessoa pode contratar o BIISC?

Heitor Almeida – É só ligar para 9213- 9895.

Bom, se vc já leu a entrevista, então prepare o quilo de alimento não perecível para ser entregue à APAE e vamos para o Mandacaru. Quarta é imperdível.
Parabéns Heitor.