Tag Archive: Samba


Olá, gente querida.
Estou um tanto ausente deste espaço por problemas de ordem maior.

De qualquer forma não posso deixar de publicar aqui, como de hábito, o resultado da reunião realizada pela Escola Asfaltão que, com nova diretoria já urge para o ano vindouro, com suas ações sendo desenvolvidas e planejadas. Então segue aí o comunicado da amiga Silvia que continua à frente da Diretoria de Comunicações de nossa escola querida.

Senhores(as),
Segue em anexo o resultado do Planejamento da escola de Samba Asfaltão.
Pedimos se possível, a veiculação deste material.
Grata,

Silvia – 9982-9381
Diretora de Comunicação do GRESA

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente,
antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”.
(Charlie Chaplin).

ASFALTÃO MANTERÁ SUA MISSÃO

“…O samba agoniza , mais não morre…” (Nelson Sargento)
O Samba é um ritmo genuinamente Brasileiro que surgiu a partir das danças, rituais e ritmos de raízes africanas. Aqui na terra do gingado e do swing, ganhou uma característica com  estilo,  cara,  jeito e harmonia encontrada somente neste País tropical, por isso é considerado uma das principais manifestações culturais populares do Brasil.
Em Rondônia, mas especificamente em Porto Velho, sob a responsabilidade de muitos que já estiveram neste plano e outros que por aqui ainda cumprem sua missão, a história deste ritmo segue, a duras penas e graças a garra de muitos bambas, ainda se mantém firme e muito viva.
1.  A Escola de Samba Asfaltão avalia e planeja para organizar!!
A Escola de Samba Asfaltão, visando continuar e revitalizar esta história, procurando fortalecer ainda mais, junto com todas as pessoas que carregam consigo este propósito, reuniu a sua Diretoria no dia 28/03/2015, pra avaliar, planejar e organizar suas ações. Assim definidas:
1.1.    AÇÕES ESTRUTURAIS que consiste em cuidar da estrutura e do Patrimônio da Agremiação;

1.2.    AÇÕES ADMINISTRATIVAS – redefinir e organizar as ações burocráticas da Instituição;

1.3.    AGENDA SOCIAL – são as agendas de eventos que envolvem o fortalecimento do samba, o Projeto leituras ao Vento, Rua de lazer, integração com a comunidade e outros eventos tradicionais da Agenda do Asfaltão.
• O destaque especial neste item é o Projeto Samba Autoral, criado por membros da Família Asfaltão junto com outros bambas de Porto Velho, que vem incentivando os compositores e compositoras de nossa cidade.
• Destaque também, para o esporte por meio do futebol, que além de possibilitar qualidade de vida, tem proporcionado intercâmbio com clubes e equipes locais e atletas de outras cidades.

1.4.    AGENDA CARNAVAL – que nada mais é do que planejar e organizar as ações da Escola, pertinentes ao carnaval de 2016 dentre as quais estão os encaminhamentos para a Escolha do Enredo; Entrega da Sinopse, Escolha do Samba de Enredo dentre outras ações.
• Destaques do Planejamento
Duas ações comentadas a seguir foram discutidas intensamente, e por isso destacadas pelos presentes na reunião de Planejamento.
Agenda Social – Escolinha de Percussão
É um Projeto da Escola iniciado a 2 anos atrás, que apesar de ter preparado muitas crianças e adolescentes, esteve suspenso por algum tempo por falta de apoio e estrutura.
Agora, graças a uma parceria que está sendo consolidada com acadêmicos da Faculdade São Lucas, terá continuidade. Conduzido pelo Mestre Danilo e os Contra Mestres Eduardo Soneka e Junior Frajola, desta vez, além de nossas crianças e adolescentes, serão também incentivados e preparados discentes desta instituição.

Desfile das Escolas de Samba
Este assunto bateu recorde na avaliação negativa, principalmente por lembrarem que nesta gestão municipal, a tradição dos desfiles das Escolas de Samba não aconteceu e o sentimento de todos é, ao que tudo indica, da forma que vai, nem o de 2016 acontecerá. Se realmente quisessem ou quiserem, este seria o momento, para o planejamento do Desfile do ano que vem e, tanto Funcultural quanto FESEC da qual o GRESA é filiado, deveriam estar debruçados neste projeto.
Não adianta empurra, empurra de data, pois fruto de problemas oriundos tanto de gestões passadas da FESEC e da má vontade da Prefeitura Municipal de Porto Velho por meio Funcultural, bem como do Governo do Estado que demonstra total descaso com a cultura, o sentimento geral da Diretoria é que a exemplo do que aconteceu em 2014, o desfile de 2015, fracassou.
Muitos pontos foram levantados, o mais grave e que muito preocupa, é o fato de não percebermos, por parte da gestão municipal, vontade para sanar esta dívida cultural e política para com os fomentadores e admiradores deste segmento da cultura.
Se querem de fato sanar este débito cultural, vamos agora no mês de abril Fulcultural e Fesec, junto com suas filiadas, começar a Planejar, e a elaborar o projeto de organização para os desfiles de 2016.

Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro – 9982-9381
Diretora de Comunicação

Anúncios

Inicialmente, bom dia, gente querida.

Estive ausente, logo após o retorno da “cheia do Madeira”. Acontece que nossas instalações ainda estão sofríveis. A água que entrou pelas tubulações compromete a fiação e – sabe-se lá por quê, Meu Deus – um raio que atingiu os cabos de telefonia causaram pane em modem, roteador, portas… etc, de meu equipamento de informática. Resultado: Ficamos sem Internet por mais de uma semana.

Agora, com dispositivos novos e já tudo “arrumado”, estamos de volta.

Agora segue o pedido de desculpas à Família Asfaltão.  Sempre que recebo uma nota da Diretoria de Comunicação através da amiga Silvia, posto no blog e faço chamada pelo facebook. Infelizmente, a nota chegou durante o período sem net. Desculpas apresentadas!

Continuando, a Nota da Asfaltão segue na íntegra, mesmo defasada no tempo para a comemoração do Dia das Crianças. Não seria muito ético editar.  Então segue aí.

Bom dia!

Senhores(as), com os cumprimentos da Família Asfaltão, peço se possível a veiculação do material abaixo.

Grata,

Silvia – 9982-9381

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente,
antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”.
(Charlie Chaplin).

 

 

ASFALTÃO ELEGE NOVA DIRETORIA

O GRESA – Grêmio Recreativo Escola de Samba Asfaltão, realizou nesta terça feira, dia 07 de outubro, a assembleia de reforma Estatutária e Eleição da nova Diretoria.

A renovação é um passo importante para esta reestruturação, com este pensamento, foi eleito como Presidente o jovem Danilo Cardoso, filho de Reginaldo Cardoso (Makumbinha). Nascido em 19/08/1989, Danilo Fith como é conhecido, desfila na Escola desde os 6 anos de idade, sempre na bateria. Multi instrumentista, é compositor e cantor. Em 2010 foi conduzido à Contra Mestre da Bateria da Escola a Pura Raça. Em 2009 já dividia o posto de Mestre de Bateria junto com experiente Admilson kinghtz, o Mestre Negão, titular da Batuta.

O Presidente eleito é também componente da ala de compositores da escola de Samba Asfaltão. Graduando em Análises Clínicas e Recursos Humanos, é percussionista nos grupos de pagode Samba VIP e Samba Mais.

Como Vice Presidente, fará a dobradinha com o Mestre Danilo, o seu parceiro Eduardo Dias, nascido em 11/12/1993, também ritmista, compositor e cantor que desfila no Asfaltão desde os 5 anos de idade.

Outros dois jovens passam a compor a Diretoria, Allan Junior, nascido em 06/05/1993 ritmista, compositor e cantor. Desfila no GRESA desde os 3 anos de idade, é Também Contra Mestre da Bateria Pura Raça. Hoje focado para se aperfeiçoar no cavaquinho, Juninho como é chamado pela atual Diretoria, assume a Diretoria de Patrimônio.

Dentro desta renovação está a jovem Camila Pinheiro, nascida em 10/11/1990, que desfila junto com a Família Asfaltão desde os 3 anos de idade, foi destaque em vários desfiles. Atuante nos barracões nos trabalhos manuais, ultimamente junto com outros colegas, ela tem assumido a missão de Diretora de Harmonia na avenida. Graduanda em Direito, Camila assumirá a Diretoria de Finanças da Escola.

Este quarteto, Danilo, Eduardo, Allan Junior e Camila, chegam com novas ideias, trazendo energia e disposição. Com a origem do reduto do samba, assumem papéis importantes, com a missão de junto a outros amigos, sejam da escola ou das coirmãs, fortalecerem e manterem viva a resistência do Samba em Porto Velho. Eles contarão com a experiência de componentes da atual direção que ficaram com as seguintes atribuições: Andreia: Secretária; Vanilce: Administradora; Silvia: Diretora de Comunicação; Osvaldo Pitaluga: Diretor Social; Everton: Diretor Jurídico; Makumbinha: Diretor de Carnaval; Oscar Knight: Diretor Musical; Janilson conhecido como Jacaré: Diretor de Esporte. Membros do Conselho Fiscal Efetivo: Anderson Machado, Tatá, Léia; Membros do Conselho Fiscal Suplente: Maria José, Ismael Barreto e Wilma Dias.

“…Que esta nova composição da Diretoria tenha sucesso em seu trabalho…” Assim disse Makumbinha, que está deixando a Presidência.

 

Fazer “Escola”, é preparar e passar o legado da importância em se manter viva uma história. É transmitir que mais que querer, é importante viver e sentir o que é cultura pra que esta chama não se apague.

 

AGENDA

A nova Diretoria já tem uma agenda a cumprir ainda este ano, dentre elas estão:

 

  1. Rua de Lazer alusiva ao dia das crianças, que acontece neste sábado (11/10), na Tenda do Tigre, das 08:00 às 12:00. A Tenda do Tigre fica localizada na Jacy Paraná entre Getúlio Vargas e Brasília; e

 

  1. Baile Brega, que acontecerá no próximo mês de novembro;

 

  1. Tem ainda a semana de Zumbi, o dia do Samba e o Dia de Santa Barbara, agendas que se encontram em fase de ajustes e adequação.

 

A Família Asfaltão conta com o apoio e a participação de todos que valorizam e respeitam a cultura.

 

 

Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S Asfaltão

 

Parabéns  à nova Diretoria. Sucesso ao Danilo e seu grupo.
Na realidade, tenho que dar os parabéns a toda a Família Asfaltão, que cede espaço à juventude para que exponha seus sonhos e os torne realidade. 

 

 

A Família Asfaltão despede-se de 2013 com dois eventos dignos. Primeiro, teremos na próxima sexta-feira – 06 – um encontro de sambistas para comemorar o verdadeiro samba, raiz das tradições brasileiras. Como hoje é o Dia do Samba e numa segunda-feira, tradicionalmente, o trabalho é pesado (claro, depois do fim de semana puxado…) a Escola Asfaltão irá comemorar no dia 6, congregando as massas que não dispensam o melhor dos fins de dia da semana.

Por outro lado, no dia 10, Clarice Lispector será homenageada pela melhor Escola de Porto Velho na Casa da Cultura Ivan Marrocos, em evento grandioso que iniciará às 19,00 horas.

Leia aí a nota completa distribuída pela Diretora de Comunicação Silvia Pinheiro.

Senhores(as),

Peço se possível, a veiculação deste material.

Grata,

Silvia – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S Asfaltão

A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte.”

(Mahatma Gandhi)

 

 

2 DE DEZEMBRO DIA DO SAMBA

 

ASFALTÃO IRÁ COMEMORAR COM A COMUNIDADE

 

“Não, ninguém faz só porque prefere. Força nenhuma no mundo interfere, sobre o poder da criação…” (João Nogueira)

 

2 de Dezembro é a data que o Brasil comemora o dia do Samba.  Ele chegou tão contagiante e envolvente que originou vários outros estilos musicais neste País de tantos segmentos de riquezas e diversidades musicais e culturais.

 

Para marcar e comemorar este dia, no dia 06/12/2013, próxima sexta-feira, a Família Asfaltão exaltará o Samba e o dia de Santa Barbara comemorado no dia 4 de dezembro. Este encontro de sambistas se dará a partir das 18:00 horas no Bar do Calixto, que fica na rua Jacy Paraná com Brasília.

 

Como bem disseram Arlindo Cruz e Sombrinha: “…Ser sambista é ver com os olhos do coração, ser sambista é crer que existe uma solução. É certeza de ter escolhido o que convém. É se engrandecer e sem menosprezar ninguém…”, por isso e por manterem acesa a história deste ritmo que nasceu nas senzalas, se abrigou em guetos e favelas, se expandindo para área urbana das cidades brasileiras,  este momento será uma grande confraternização, bem como uma homenagem da escola aos sambistas de nossa amada Porto Velho. SALVE O SAMBA! SALVE OS SAMBISTAS DE PORTO VELHO!!

 

“… Aconselho a você, que seja sambista também!…”

 

LANÇAMENTO OFICIAL DO SAMBA DE ENREDO

 

Este encontro de sambistas, será marcado também pelo lançamento oficial do Samba de Enredo de 2014, escolhido no ultimo dia 9 de novembro. O samba que sagrou-se campeão é de autoria da dupla de compositores Toninho Tavernard e Marquinhos do Cavaco, e desenvolve o Enredo PORTO VELHO, TEU “VALOR” CULTURAL, É A RIQUEZA E O BRILHO DO MEU CARNAVAL! de autoria de Silvia Pinheiro.

 

A AGENDA DA ESCOLA DE 2013, ENCERRA DIA 10/12/2013

 

“Samba pra Clarice…”

 

“…Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho…” (Clarice Lispector)

 

Se estivesse viva, no dia 10 de dezembro a escritora Clarice Lispector completaria 100 anos e seguindo um calendário organizado pelo segmento da literatura nacional, a agremiação fará uma noite intitulada “Samba pra Clarice”, que será realizado no dia 10/12/2013, a partir das 19:00, na Casa de Cultura Ivan Marrocos.

 

 

O Presidente Makumbinha, reforça o convite, ressaltando que a Família Asfaltão sempre recebe os amigos de braços e corações abertos.

Encerrou parabenizando todos os sambistas de Porto Velho, especialmente os que fazem parte desta escola.

 

Silvia – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S Asfaltão
A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte.”
(Mahatma Gandhi)

 

 

Como sempre, contribuindo aqui para a divulgação da agenda da Escola de Samba Asfaltão. Esta semana vai ser de muito samba em Porto Velho. Veja aí.

FAMÍLIA ASFALTÃO TERÁ UMA SEMANA DE MUITO SAMBA

 

 

Nossa amada cidade, em que missões e trilhos impulsionaram o crescimento e o progresso. Onde a pureza, a simplicidade da riqueza da cultura cabocla e beiradeira permanecem, apesar dos impactos sociais e ambientais ocasionados por este repentino processo de transformação e que caminha em rápidos passos para o seu centenário, se manteve como uma casa acolhedora que abraça com carinho e amor. É por este chão, de tanta história e tanto “calor” que, no carnaval de 2014, a Escola de Samba Asfaltão terá o tema PORTO VEHO, TEU “VALOR” CULTURAL É A RIQUEZA E O BRILHO DO MEU CARNAVAL.

Rumo ao centenário da capital do estado de Rondônia esta Escola que tem o Tigre como símbolo, tem mantido e intensificado sua agenda cultural. Nesta semana haverá duas grandes e importantes atividades.

CINEMA E SAMBA

Nesta quinta-feira, dia 07/11/2013 em parceria firmada com o Festcineamazônia, será realizada a segunda edição do Cinema e Samba, desta vez em homenagem ao poeta Noel Rosa. Esta atividade acontecerá na histórica e tradicional casa Taba do Cacique, localizada na Pinheiro Machado com Mal. Deodoro, a partir das 20:00.

Esta programação compreende a exibição do filme Noel o Poeta da Vila, de Ricardo Van Steen, com Paulo Cesar Pereio e Camila Pitanga. Logo em seguida o Grupo Só Bambas assume a festa, iniciando com um repertório especial com as composições deste grande poeta, seguido de muito samba de raiz de outros compositores brasileiros.

ESCOLHA DO SAMBA DE ENREDO – 09/11(sábado)

A Família Asfaltão, poderá acompanhar de perto a escolha do samba de enredo da agremiação. Estão confirmados 7 sambas, todos criados pelos inspirados(as) componentes da Ala de compositores desta escola de samba, a partir do tema que exalta a história e os valores culturais da cidade e principalmente das pessoas.

Nomes fortes e grandes compositores participarão deste processo de escolha do samba. São eles: Trio de Ouro, grupo composto pelos compositores Bainha, Oscar Knightz e Zé Baixinho; as duplas Waldison Pinheiro e Mávilo Melo; Toninho Tavernard e Marquinhos do Cavaco; Anderson Machado e Eduardo Tavernard; Rudney Prado; o Grupo Fina Batucada composto por Danilo Cardoso, Eduardo Dias, Alan Junior e Lamisson (Thobá); Pastoras grupo de mulheres composto por Silvia, Vanilce, Wilma, Léia e Cristina.

Então, o samba que embalará este grande teatro a céu aberto será conhecido neste próximo sábado, dia 09/11/2013, a partir das 16:00 horas, na sede social do SINDSEF. A animação será também por conta do Grupo Só Bambas que tem em seu repertório muito samba de raiz.

“Temos uma agenda rica para esta semana e aguardamos a visita dos amantes da cultura popular e do samba. No cinema e samba poderão conhecer a forte influência de Noel Rosa na história do samba. Já na Escolha do samba, a partir das lindas composições que lá serão apresentadas, será possível conhecer parte de nossa história, de nossos valores e de nossas riquezas.” Assim disse Reginaldo, Presidente da Agremiação, conhecido no samba como Makumbinha.

 

Silvia Ferreira de O. Pinheiro – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G. R. E. S Asfaltão.

 

 


ASFALTÃO

O ESTURRO DO TIGRE

TATÁ

“Sobe a temperatura no termômetro da disputa interna do samba de enredo para 2014, da Escola do Bairro Santa Bárbara.”

Por: Altair Santos (Tatá)

Tudo começou após o retorno do Mestre Oscar Knightz, do Rio de Janeiro. O cara voltou querendo conversa, ávido por fortes emoções e adrenalina em escala ascendente. Tão logo desembarcou no aeroporto da capital, lá foi ele direto, todo de branco em alta madrugada, sob silêncio sepulcral, de mala e cuia, banhar-se nas frias e límpidas águas do grutião.

Dizem que lá, testemunhado pela sua esposa Bete e o olhar tênue da luz cheia, o Oscar cantou uns mantras e fez um bailado nunca visto nem pelo lendário bailarino e coreógrafo russo Mikhail Baryshnikov, num ritual que selava a conexão Rio-Porto Velho, uma simpatia feita como encomenda pelo botafoguense, pra ungir com proteções divinas o seu samba de enredo na disputa pra 2014, segundo se comenta.

Nem sabemos direito as quantas andam os preparativos para o carnaval do ano do centenário de Porto Velho. Porém lá pras bandas do Bairro Santa Bárbara, desde a volta do Oscar, há dias, o silêncio foi quebrado. A acalorada guerra de nervos que permeia a disputa pela escolha do samba de enredo da Escola Asfaltão, já começou com a temperatura marcando alto no termômetro da Rua Bolívia, Tenda do Tigre e arrabaldes.

Pelo jeito e ao que tudo indica a turma de concorrentes ao samba que irá pra avenida, vai passar esses dois meses cuspindo brasas, uns na cara dos outros! Foi dado o primeiro disparo nessa guerra psicológica. O primeiro a soprar labaredas pra tudo que é lado foi ele mesmo, o Mestre Oscar Knightz, via facebook, após purificar-se e proteger-se com as águas, ervas e sais da fonte sagrada.

Como dito, recém chegado de uma breve estada no Rio de Janeiro, onde fora se revigorar nas areias e ondas de Copacabana, além de se esbaldar nos sambas e noites da Lapa e na Quadra da Vila Isabel, o rapaz se denunciando armado até os dentes com muita gasolina, palha seca e várias caixas de fósforo, deu uma de Nero, o imperador incendiário que ateou fogo em Roma e jogou as primeiras centelhas. De início, pra cima das Pastoras do Asfaltão e, depois, em direção aos demais.

Em seu comentário disse que elas, as Pastoras, estão fora da disputa, sequer compuseram uma linha, uma estrofe, perderam o cajado! Falou que a formação está em crise, em decadência, praticamente chamando-as de anciãs do Bairro Santa Bárbara. Aí o bicho pegou! A Wilma Pinheiro (que também é pastora) soube disso, desceu das tamancas e se fez possuída, invadida, intravenosamente contaminada pela paciência zero e explosiva do seu marido Zigo Lunga, o enfezado da Rua Alecrim (Bairro Cohab) e mandou seguinte recado: “se não mexer comigo, eu sou de paz!” Com um anúncio desses e, diante dos arroubos do Oscar, a essa altura já deu pra ver, a bandeira branca foi arrancada do mastro, ou seja: trégua nem pensar!

Pra não ficar só nessa de “mancuricar” o movimento das pastoras, o Oscar se nos saiu com outra: Tatá, onde está a concorrência que sumiu, ninguém dá as caras, está todo mundo recolhido, escondido, será medo? Não se garantem? Disse ainda que do jeito que a coisa vai, ele e seus parceiros do Trio de Ouro (Bainha e Zé Baixinho) vão subir no palco para a apresentação, na noite da escolha do samba, com o troféu de campeão no colo. A disputa então, nesse caso, dar-se-ia pela segunda colocação!

Absoluto nessa arena, o Oscar deitou e rolou pra cima dos demais dizendo: o Toninho Tavernard sumiu, parece se mudou pra Manaus e só vive na praia da Ponta Negra se aconselhando com os compositores de lá da terra do jaraqui! Se ele voltar pra concorrer vai trazer uma composição tipo zona franca cheio de chip e transistor, tudo importado. Mesmo assim seria apagado pela tecla off do nosso samba que está prontinho, tinindo, só esperando a hora de tirar do ar os concorrentes!

A Fina Batucada (juventude do Asfaltão) atravessou a batida, tá engrossando a voz e desafinou, não vai ter samba na disputa. O Mávilo e o Misteira há tempos não emplacam uma composição competitiva, estão fora do páreo. Se eles quiserem guarida nas sombras de um samba campeão podem chegar, vamos nomeá-los os chefes da nossa torcida animada pra noite da disputa. Enquanto isso eles podiam freqüentar os nossos ensaios e reuniões pra ver como se constrói um samba vencedor, o campeão dentro da escola e na avenida!

O Dr. Anderson Machado, o Fernando Chapéu e o Osvaldo Pitaluga também não vão disputar, eles reconhecem a força e o poderio do imbatível Trio de Ouro, a jóia rara do tigre. E vejam bem que tudo isso está acontecendo e a Vanilce, outra estopim curto da escola, ainda nem entrou na contenda. Imagine quando ela vier!

Mostrando firmeza, o Oscar ainda lançou um desafio. Dentro em breve, só pra ver quem tem roupa na mochila, irá promover uma roda de samba lá no Bar do Antonio Chulé praqueles que, dizem ter samba, cantarem os seus refrões! Será papai, será que vão topar?

Nessas turbulências de início de vôo e, sabedor da saraivada com munição pesada que vem por aí, eu, que tinha o modesto intento de apresentar um “sambinha”, botei o pára-quedas e pulei, deixa a nave voar! Outro que não terá sossego nesse alvoroço todo é o amigo Dr. Hugo Evangelista que deverá ter muito trabalho no campo jurídico, pra representar e defender ofensores e ofendidos, os contendores dessa grande pendenga carnavalesca, Ufa, peticione doutor, peticione logo!!!

O certo é que em tempos de espionagem internacional de olho no Brasil, pelas câmeras, pelas lupas, pelas lunetas, pelos óculos de grau e até binóculos comprados na Bolívia, além de abelhudos e xereteiros nas brechas de paredes e janelas, além de outros infiltrados, devem estar todos direcionados para cada passo dado pelos autores de samba do Asfaltão. De parte a parte, é prudente que se cuidem!

Pela autoridade e segurança com que chegou do Rio, pelo corajoso banho nas águas místicas lá da fonte do grutião e pelas contundentes e absolutas falas, o Oscar aparece como o adversário a ser batido, junto com seus parceiros é claro! Ao ensejo de mais uma tensa disputa, cabe aos concorrentes saírem das trincheiras e exibirem suas armas em forma de sambas e emparelharem a guerra fria que começa a esquentar ao som do ziriguidum! Quem viver verá!

tatadeportovelho@gmail.com

 

Olha aí a agenda da Escola Asfaltão para amanhã, sábado.

SÓ BAMBAS E CONVIDADOS NO SEU 1º ANIVERSÁRIO

Amanhã (sábado – 04/05/2013) a partir das 15:30, na OAB, o Grupo Só Bambas estará recebendo amigos na maior roda de samba que a cidade poderá desfrutar neste dia. Dentre seus convidados estão os Grupos Fala Sério e Samba Vip.

Para abrilhantar e tornar a tarde ainda mais especial, Porto Velho poder conhecer  e ouvir pessoalmente o cantor e compositor Adilson Bispo, que em parceria com outros grandes talentos do País é autor de verdadeiras poesias, como por exemplo: OUTDOOR:CONFESSO QUE MENTI QUANDO PEDI PRA ME DEIXA…; CORAÇÃO FELIZ:QUE CULPA TENHO EU POR GOSTAR DE FALAR DE AMOR…; CONSELHO: DEIXE DE LADO ESSE BAIXO ASTRAL…; FINAL FELIZ: É BONITO TE VER SORRIR…; RETRATO CANTADO DE UM AMOR: VEJA BEM NOSSO AMOR É PERFEITO…; INIGUALÁVEL PAIXÃO: ÉS INEGUALÁVEL NA ARTE DE AMAR…: AMAR É BOM: VOCÊ ZOMBOU DE MIM….; SENTIMENTO DE POSSE: É DIFÍCIL DIZER QUAL DE NÓS TEM RAZÃO…; FALSA CONSIDERAÇÃO: AGORA EU SEI  QUE O AMOR QUE VOCÊ PROMETEU…; FALSO MALANDRO: QUE MALANDRO É VOCÊ QUE DIZ QUE FAZ E ACONTECE…; PRA QUE BRIGAR: PRA QUE BRIGAR VIU NO QUE DEU…; LUSÃO EU VI VOCÊ CHORANDO PROCUREI SABER A QUAL SUA RAZÃO…; CANTO SUBLIME: OUVI UM CANTO SUBLIME DO CÉU ECOAR E SUA MAGIA A ME PROPORCIONAR…; CHEGA DE FAZER PIRRAÇA: ME APONTA ONDE FOI QUE EU ERREI ME APONTA…; SEXO FALADO: MEU BEM O NOSSO TEM O MAIOR CALOR REFELTE A NOSSA VIDA…;FAVO DE MEL: É GOSTOSO SIM SÓ QUEM VIVE É QUE PODE AVALIAR…; MEU QUINDIM : EU PRECISO FALAR COM VOCÊ MEU AMOR PRA SABER A RAZÃO PORQUE TUDO ACABOU…; CHANTAGEM: AH!……COMO SERIA BOM, TRILHAR POR UM CAMINHO…..SEM ENCONTRAR ESPINHOS…; MENU DIFERENTE: O ALMOÇO ESTÁ PRONTO PODEM VIR TIRAR VEIO DA COZINHA UMA VOZ POPULAR…; PRA QUE BRIGAR: PRA QUE BRIGAR LARA DEU NO QUE DEU….; AMAR É BOM: VOCÊ ZOMBOU DE MIM ME TRATOU COM DESDÉM E TAMBÉM FEZ MEU PRANTO ROLAR… São composições gravadas, por grandes nomes consagrados no Brasil como: Zeca Pagodinho; Bete Carvalho; Agepê; Fundo de Quintal; Marquinhos Satã; Reinaldo; Almir Guineto; Royce do Cavaco; Leci Brandão; Revelação; Raça; Razão Brasileira dentre outros.

Então, combinada com um ambiente de harmonia, com um Samba Raíz da melhor qualidade, sua agenda para este sábado poderá ser perfeita.
Prestigie!

Silvia – 9982-9381

A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte.”

(Mahatma Gandhi)

Como sempre, a pedido da querida amiga Silvia, divulgamos mais um evento da Família Asfaltão.

Então, agende aí. 04 DE MAIO (SÁBADO) no clube da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na Avenida Rio de Janeiro (Próximo ao Supermercado DB). A partir das 15,30 horas. A melhor RODA DE SAMBA de Porto Velho.

Tenho que participar. Não dá pra perder mais uma. preciso ficar na cidade um fim de semana, pelo menos…

Vamos lá!

 

 

Car@s amig@s e amantes do samba,

Agendem e prestigiem este evento.

Um abraço,

Silvia

SAMBA E ENCONTRO COM AMIGOS E AMANTES DO SAMBA DE RAÍZ

“Um ano de caminhada do Grupo Só Bambas…”

Este grupo que além de ser um grande parceiro da Família Asfaltão, tem como missão, o fortalecimento do verdadeiro samba de raiz da cultura popular brasileira.

Para registrar este momento, no dia 04 de maio a partir das 15:30, o grupo protagonizará um grande encontro com os amantes deste ritmo, momento em que entre tantos convidados, além do anfitrião estarão se apresentando o Grupo Fala Sério, e o Grupo Samba Vip.

Para brindar com os amigos e fortalecer este compromisso, o Só Bambas terá um convidado especial. Trata-se do cantor e compositor: ADILSON BISPO que no ano de 1981 começou a trajetória musical atendendo ao convite do Chiquinho Virgula (um dos autores do antalógico samba Insensato Destino) comparece ao pagode do Arlindo em Cascadura, lá encontra um grupo de compositores de primeira linha tais como, Zeca Pagodinho, Neoci, Pedrinho da Flor, Adauto Magalha, Acyr Marques, Sombrinha, Luiz Carlos da Vila, Jorge Aragão, Mauro Diniz, Arlindo Cruz (que comandava a roda de samba), e, muitos outros. Aos poucos vai mostrando suas composições e conhecendo novos parceiros, mas foi em 1984 que conseguiu emplacar seu primeiro sucesso “Coração Feliz” parceria com Marquinhos PQD e Gerson do Valle, gravado por Beth Carvalho, foi escolhido como o título do disco e música de trabalho naquele ano. Adilson Bispo tem mais de 150 músicas gravadas por alguns dos expoentes do samba. Além de Beth Carvalho (Coração Feliz e Falso Reinado) pode- se citar Almir Guineto (Conselho, Chantagem e Mensagem) Reinaldo (Inigualável Paixão, Retrato Cantado, Coisa de Amante e Falso Rubi) Zeca Pagodinho (Outdoor, Pinta de Lord e Largo Carioca) Fundo de Quintal (Amar é Bom, Capa de Revista e Nosso Fogo) Marçal (Canto Sublime) Jovelina Pérola Negra ( Falso Malandro e Confusão na Horta) Royce do Cavaco (Pra Que Brigar) Grupo Sensação (Mais uma Paixão) Grupo Pirraça (Sentimento de Posse). Seu parceiro mais presente é Zé Roberto, mas tem parcerias com Marquinhos PQD, Acyr Marques, Chiquinho Virgula, Simões PQD entre outros. Em 2002, gravou seu primeiro CD “Conselhos e Mensagens” e no fim de 2004 “Questão de Respeito” com produção e arranjos de Wanderson Martins. A gravação dos dois CD’S abriu um novo horizonte na carreira do compositor Adilson Bispo, que a partir daí, começou a se apresentar nas mais diversas casas em todo o Brasil.

Conforme já foi citado este encontro acontecerá a partir das 15:30 do dia  04 de maio(sábado), no Clube da OAB.

Car@s amig@s, tenho alguns convites, caso tenham interesse em adquirir podem me procurar, ou se preferirem, procurem direto com os responsáveis pelo evento  nos contatos que se encontram no convite anexo.

Divulguem, convide amig@s e familiares para juntos prestigiarem este evento.

Silvia – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S. Asfaltão

Contribuindo na comunicação do Só Bambas

A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte.”

(Mahatma Gandhi)

Como sempre, aí está a divulgação solicitada pela Família Asfaltão.

SÓ BAMBAS - ABR 2013

 

UM ANO DE MISSÃO DO GRUPO SÓ BAMBAS

Missão, porque o Grupo procura manter como característica, um estilo que garanta em seu repertório musical a essência do Samba de Raíz. Mantendo seu trabalho com esta linha, os componentes do Só Bambas acreditam que estão contribuindo para manutenção deste ritmo que se originou a partir da necessidade de gritar pela liberdade, tanto é que sua origem se deu nas senzalas, seguida pelos morros, guetos e favelas, o que foi  muito bem retratada por João Nogueira em tantas composições como por exemplo Minha Missão que diz: “…Canto pra denunciar o açoite / Canto também contra a tirania/ Canto porque numa melodia/Acendo no coração do povo/A esperança de um mundo novo e a luta para se viver em paz…”. A história deste ritmo que enfrentou e ainda enfrenta alguns preconceitos, faz com que façam de seu trabalho uma corrente de resistência e de valorização do verdadeiro samba do País.

Este Grupo composto por JOÃO JÚNIOR: VOZ E PERCUSSÃO; JAIR: TAN TAN E PERCUSSÃO GERAL; MARCUS: CUÍCA E PERCUSSÃO GERAL; WALBER: VOZ, CAVACO E BANDOLIM; EMERSON: CAVACO E BANJO; DANILO: BATERIA E PERCUSSÃO GERAL; DINHO: VIOLÃO; FÁBIO MELO: REPIQUE DE ANEL E RECO RECO. Foi fundado no dia 1º de Maio de 2012. Marcus Frade Líder do Grupo Só Bambas, enfatiza que o foco principal, é promover permanentemente o verdadeiro samba brasileiro, contemplando em seu repertório, também composições de talentos de nossa cidade, criando oportunidades para que estas composições ocupem outros espaços”, objetivo este demonstrado por meio do Projeto Só Bambas, em parceria iniciada em 2012, com a Escola de Samba Asfaltão, onde contou com a participação de vários talentos de nossa capital.

O Grupo ainda planeja implementar um Projeto, onde possam registrar em um DVD as composições de grandes bambas da cidade de Porto Velho. Para isso, esperam contar apoios e parcerias.

  

Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro – 9982-9381

Diretora de Comunicação do G.R.E.S. Asfaltão

Apoio na comunicação do Só Bambas

Samba, Mulher e Cerveja no 08 de março do Mercado Cultural

Por Antônio Serpa do Amaral Filho

Foi uma noite memorável a comemoração do Dia Internacional da Mulher no Mercado Cultural, localizado no centro histórico de Porto Velho, defronte ao Palácio Presidente Getúlio Vargas. De propósito, deuses e deusas da mais rica musicalidade tupiniquim ali marcaram encontro com um único objetivo: festejar o dia em que todos rendem homenagem à beleza, à espiritualidade, à coragem, criatividade, garra, talento, trabalho e luta das mulheres de todo o mundo.

Ernesto Melo e a Fina Flor do Samba, como manda o figurino do eterno cavalheirismo não-machista, como se diz em linguagem cinematográfica, apenas serviram de escada para que as verdadeiras estrelas e donas da noite pudessem mostrar todo o brilho do essencial feminino: as mulheres, claro. Sintonizadas no diapasão de que mulher objeto de cama e mesa é coisa do passado, as artistas mostraram ao público e aos marmanjos conservadores com quantos paus se faz a canoa da sensibilidade e do talento artístico das filhas de Simone de Beauvoir. Não nasceram mulheres, tornaram-se.

Rose Abensur deu o ponta-pé inicial no reinado das mulheres no principal palco da roda de samba na capital. Sob os olhares boquiabertos dos freqüentadores do Bar do Zizi e Café com Arte, com sua inoxidável flauta transversal, embevecida de magia, cativante tonicidade e competência técnico-instrumental de sobra, ela temperou com tucupi e pimenta malagueta o partido alto de Hudson Mamed, Orismilde Miranda, o Cabeça, e Joãozinho Carteiro. Desafiou o pandeiro de Walber Cordeiro para duelo em solo rápido, na execução de “Brasil Pandeiro”, de Assis Valente, um samba prestíssimo, a duzentas batidas por minuto, e quase deixou toda a Fina Flor do Samba falando só, enquanto um turbilhão de notas musicais explodiam no ar feito fogos de artifício. Atônitos, o violão de sete corda de Nicodemos e o cavaquinho do capitão Ney suaram a camisa para dar conta do recado. O susto só passou quando Célia Ferreira mostrou musicalmente que nem todo Bêbado é equilibrista na dança da solidão de seu altar particular. A paraibana Gerislândia de Souza, ex-Big Brother Brasil 4, cantando a peça “Que Será”, dentre outras graciosas performances, reinventou o repertório de Dalva de Oliveira e se consagrou como a revelação da noite. Acostumada às camas de hospital, é cantando que a enfermeira Géris se sente realizada – diz um blog da net. A manauara Priscila Alencar cantou e sambou da largura da boca, contagiou o ambiente com sua voz poderosa e afinadíssima e mostrou porque é a charmosa musa dos Anjos da Madrugada.

Havia tempo bom com poesias passageiras, mas outras estrelas, no entanto, ainda estavam por vir, e vieram grávidas de Paulinho da Viola, cheias de ginga e com muito amor do coração: as Pastoras da Escola de Samba Asfaltão. Politizadas e com discurso de quem sabe dizer aos pagodeiros que o mundo do samba não é território exclusivo de machos, as belas caboclas guaporés sacudiram a platéia ao servir um menu musical de primeira qualidade, inclusive interpretando “Açaí, o néctar dos Deuses” – samba-enredo campeão dos velhos e saudosos carnavais. O palco do Mercado Cultural, então – que desta vez esteve bem produzido pela nova administração da Fundação Cultural Iaripuna -, sacudiu a poeira da alegria e todos bailaram ao toque dos tantãs, surdo, banjo e pandeiro como se a quizomba fosse verdadeiramente nossa única Constituição. Os instrumentistas Hernandes Padoca, Ênio Ricardo e José Áureo comemoravam nos bastidores a feitura da maior e melhor roda de samba até então realizada naquele espaço cultural. E acabou em chorinho, mais uma vez executado na flauta mágica de Rose, e não em pizza, aquele espetacular módulo artístico do projeto Fina Flor do Samba, como uma declaração de amor a quem se deve todo o amor desse mundo: à mulher brasileira!

 

FAMÍLIA ASFALTÃO DE NIVER

Ontem, 17, foi aniversário do Grêmio Recreativo Escola de Samba Asfaltão.

Não pude comparecer à Tenda, nem para dar aquele abraço nos amigos. Nem por isso passou esquecida a data.

Em meio ao trabalho de “recomposição” de meu ambiente de trabalho, ainda sentindo o clima momesco, coloquei os sambas enredos passados da Asfaltão, como num “que” de homenagem à família do samba portovelhense.

A nota a seguir foi recebida da amiga Silvia, Diretora de Comunicação da Asfaltão. Serve para “relembrar” um pouco do passado de trabalho, dedicação, seriedade e, principalmente amor ao samba dos que criaram e conservam tão bem esse verddeiro patrimonio cultural de nossa Porto Velho.

ASSIM NASCEU A FAMÍLIA ASFALTÃO

Um pouquinho da nossa história!

Era 17 de fevereiro de 1971, no auge do período de carnaval da época…

Trabalhadores da antiga usina de asfalto da cidade, que ficava localizada na hoje Avenida Tiradentes, bem na curva da esquina da Rio Madeira, local onde ergueu-se um condomínio. Estes foliões-trabalhadores com vassouras, pá, carrinhos de mão, pixe, asfalto, cal dentre outros utensílios necessários para o desempenho de suas funções, preparavam a avenida, dando os devidos retoques para o desfile dos blocos e escolas de samba existentes naquele momento.

Dentre estes trabalhadores destacamos Escurinho, Meireles, Gervázio, Jorge Makumba, Bacu, Parruda, Zezeca que após a conclusão da árdua missão, que visava deixar a passarela do samba adequada para o desfile, mesmo axaustos em função da carga e do volume de trabalho, resolveram transformar aquele momento em uma grande festa para eles. Foi então, que mesmo sujos de pixe, cal e as marcas de cansaço resolveram sair na avenida com seus instrumentos de trabalho cantando, brincando e pulando, transformando aquele momento no primeiro passo do Bloco Asfaltão.

Mal sabiam eles, que a partir dali, surgiria uma grande e respeitada escola, que manteve o nome Asfaltão em função de sua origem, da qual se orgulha. É a única escola que viveu todas as etapas, de amadurecimento necessário para se firmar e conquistar seu espaço. Foi Bloco de Sujos, Bloco de Empolgação, Bloco de Enredo, Escola de Segundo Grupo e Escola do Grupo Especial.

Esta escola que adotou o Tigre como símbolo, pois é um animal de garra que não só enxerga, mas vê além de sua visão. Em certos momentos se tornou polêmica e mal interpretada, pois levou para avenida temos ricos, como: A defesa da Natureza; O Menor Abandonado; A Mulher; Porto do Velho – Porto Velho Minha Vida; Do Mocororó ao Tigre(Se não Mexer comigo sou de Paz), este enredo tem a marca e a cara de muitos em função do resultado do julgamento do samba pra Porto Velho, pois, é uma resposta à nota 5 dada por um certo jurado. Quem esteve presente nesta apuração viu no que resultou esta nota.

Cantamos ainda: os 300 Anos de Zumbí; A Arte; Ano 2000 500 Anos de Brasil(um lindo samba que não chegou a ir para avenida, pois assim como este ano, não houve desfile). Depois deste ano ficamos 7 anos sem desfilar. Voltamos em 2007 com o tema Do Lixo ao Luxo e tivemos que nos submeter à regra e ao jogo de interesses de membros da FESEC e não nos foi garantido recurso oficial para desfilar. Mesmo assim, com visão de futuro, encaramos o desafio, erguemos as mangas e fomos para a avenida. Ressalta-se que mesmo no Grupo de Acesso nos apresentamos no mesmo nível das Escolas de Grupo Especial e conquistamos a vitória.

Em 2008 Contamos a historia do Bairro Santa Bárbara; Em 2009 A Energia; Em 2010 – Sou Caboclo Beiradeiro Filho deste Chão, Porto Velho é meu orgulho Minha Paixão; Em 2011 Mascaras; Em 2012 – Açaí o Nectar dos Deuses da Floresta, Da Amazônia para o Mundo.

Neste ano de 2013, iríamos para avenida com o Tema: NO PAÍS DO FUTEBOL, CRACK, NEM PENSAR!  Infelizmente, não houve o desfile oficial, e, mais um lindo samba deixou de ir para a avenida. É mais um samba com mensagem de reflexão que fica nos anais da Família Asfaltão. Não nos abatemos e fizemos uma grande festa nos bairros Santa Bárbara e Nossa Senhoras das Graças que nos acolhem com carinho.

Tivemos uma base sólida, por isso adotamos um perfil proativo e propositivo na busca constante da consolidação do respeito a este trabalho que inicia com o planejamento das ações. Daí em diante, preparamos um tema, que é pesquisado e transformado em uma sinopse para os compositores e compositoras. Ressalta-se que é a única escola que tem mulheres compondo samba de enredo. Somos reconhecidos como o reduto do samba e queremos continuar sendo dignos deste reconhecimento e, acima de tudo, do respeito dos amantes do samba e de nossa comunidade. Somente assim, poderemos comemorar mais 42 anos, com a mesma garra e harmonia.

“…É tanta harmonia, que me arrepia e faz nosso povo cantar mais feliz. É a simpatia que sai do peito e as vezes a gente nem sabe o que diz…” Trecho do samba de exaltação de nossa Escola.

Por tudo isso, Parabéns a toda Família Asfaltão!!